Casulo está de volta numa edição especial. Esta semana dedicamos este espaço aos vencedores dos EBBA 2015.

Os European Border Breakers Awards (EBBA) são prémios de música criados pela União Europeia. O objetivo passa pelo reconhecimento de artistas emergentes europeus que têm atingido sucesso noutros países para além do seu. Com os EBBA, os artistas têm a oportunidade de ver o seu talento reconhecido e apreciado em mais países, constituindo uma autêntica “rampa de lançamento” nas suas carreiras. O evento teve a sua origem em 2004.

Todos os anos são escolhidos 10 artistas de vários países europeus. Entre os vários premiados dos EBBA 2014 foram reconhecidos o alemão Zedd, a banda irlandesa Kodaline, as suecas Icona Pop e o duo britânico Disclosure. Outros nomes a destacar destes prémios são os Amor Electro (2013), os Of Monsters and Men (2013), Selah Sue (2012), os Swedish House Mafia (2012), os Mumford and Sons (2011), Stromae (2011), Buraka Som Sistem(2010), Adele (2009), Mariza (2004), entre muitos outros.

Na passada terça feira (14) foram revelados os vencedores dos EBBA 2015, que marcarão presença na cerimónia de entrega dos prémios a 14 de janeiro do próximo ano, no festival Eurosonic Noorderslag, na cidade holandesa de Groningen. Alguns destes artistas já fazem imenso sucesso em Portugal.

Hozier (Irlanda)

Com uma carreira de apenas dois anos, Hozier já lançou dois EPs  e um álbum de estúdio. Este seu último trabalho foi lançado a 19 de setembro e é um álbum homónimo. O sucesso deste artista começou em 2013, ano em que lançou o seu single Take Me To Church, que atingiu lugares cimeiros das tabelas de singles irlandesa e belga. Assite já ao videoclip:

Indila (França)

Indila, ou melhor, Adila Sedraïa é compositora e cantora de R&B, e já colaborou com vários nomes da música francesa. De descendência indiana, argelina, cambojana e egípcia, Indila tem feito sucesso em França e na Bélgica, ocupando o primeiro lugar da tabela de álbuns dos dois países, com o seu mais recente projeto, Mini World, lançado a 24 de fevereiro de 2014. Deste álbum destaca-se a faixa S.O.S.:

John Newman (Reino Unido)

John Newman dispensa de quaisquer apresentações. Desde o single Love Me Again que o cantor tem somado sucesso após sucesso. Tribute é o nome do seu álbum de estreia, que atingiu o topo das tabelas britânica e escocesa, e esteve bem colocado nas tabelas de álbuns australiana e irlandesa. Ouve já a sua recente colaboração com Calvin Harris em Blame:

Klangkarussell (Áustria)

O duo Klagkarussell formou-se em 2011, mas só no ano seguinte é que começou a ser reconhecido, nomeadamente com o hit de verão Sonnentanz:

A 28 de julho lançaram Netzwerk, o seu primeiro álbum, que fez sucesso nos tops austríaco, belga, suíço e alemão.

Melanie de Biasio (Bélgica)

Num estilo mais virado para o Jazz, Melanie de Biasio já conquistou os ouvintes em França e na Bélgica, onde o seu segundo álbum, No Deal, foi álbum de prata e de ouro, respetivamente. Ouve já The Flow, um dos seus maiores sucessos:

Milky Chance (Alemanha)

Autores de um grande hit do verão passado, Stolen Dance, os Milky Chance apresentam-se como um duo de Pop Rock com influências de Reggae e Eletrónica. O grupo e formado pelo vocalista Clemens Rehbein e pelo DJ Philipp Dausch. O seu último single chama-se Flashed Junk Mind, e podes ouvi-lo aqui:

(Dinamarca)

Karen Marie Ørsted, mais conhecida por MØ, tem 26 anos e já lançou o seu primeiro álbum, No Mythologies To Follow, no passado mês de março. Um remix da sua canção Pilgrin foi usada numa publicidade de um perfume da Giorgio Armani. Podes ouvir essa música aqui:

The Common Linnets (Holanda)

Diretamente dos Países Baixos, os The Commom Linnets arrasaram na edição deste ano da Eurovisão, chegando ao segundo lugar com a canção Calm After The Storm:

Depois desta prestação na competição europeia, o vocalista Waylon deixou a banda e foi substituído pelo cantor de Country americano Jake Etheridge.

Todd Terje (Noruega)

DJ, compositor e produtor desde 1999, Todd Terje apenas se tornou conhecido internacionalmente a partir de 2012, com o single Inspector Norse. Autor de cinco EPs e de um álbum, e com colaborações com Robbie Williams Franz Ferdinand, Terje é o criador de um novo género musical – o Space-Disco, juntando um estilo Kitsch com Disco e Eletrónica. O resultado está à vista em It’s Album Time, o seu álbum:

Tove Lo (Suécia)

A cantora de 26 anos é o exemplo de mais uma artista bastante conhecida entre o público, desde que lançou a música Habits. O talento da artista não se esgota nas suas canções, pelo que já escreveu para as Icona Pop e para a cantora Cheryl Lloyd. Há menos de um mês, a cantora lançou o seu primeiro álbum, Queen of The Clouds, do qual também faz parte o single Not On Drugs:

Casulo estará de regresso na próxima semana com mais novidades e novos talentos da música mundial.