É mais um dia histórico no mundo Android. Para além do lançamento do seu novo sistema operativo, apelidado de Lollipop, a Google revelou também os novos aparelhos que irão chegar ao mercado com o software no seu estado mais puro, ou seja, sem qualquer tipo de máscara aplicada por alguma outra fabricante. O Nexus 6 vai aterrar no mundo dos smartphones, ao passo que o Nexus 9 veio atender aos pedidos de muitos utilizadores de tablets.

Depois do lançamento do Nexus 5 e da segunda versão do Nexus 7, que foram entretanto descontinuados, a Google não havia anunciado mais aparelhos para carregar a versão pura do Android. Até hoje. Vamos conhecê-los:

  • Nexus 9

O Nexus 10 (10 polegadas), fabricado pela Samsung, foi considerado um dos melhores tablets Android de sempre e há ainda que o continue a utilizar para as tarefas diárias sem qualquer problema, apesar do seu lançamento ter já sido em 2012. Agora, e depois de vários rumores e fotos ‘vazadas’ ao longo dos últimos meses, o Nexus 9 (nove polegadas) surge ao público e procura juntar dois mundo: profissional e entretenimento.

Sem Título2

Com o seu formato pequeno, o Nexus 7 (sete polegadas) era perfeito para transportar e consumir conteúdos multimédia, como filmes, ao passo que o Nexus 10 era mais destinado fins profissionais (criar ou editar documentos, por exemplo). Com um ecrã intermédio de 8,9 polegadas e aspeto 4:3, o ecrã do Nexus 9 “é ergonómico o suficiente para caber numa só mão, mas grande o suficiente para trabalhar a assistir vídeos”, segundo a Google.

Especificações completas:

  • Dimensões: 153,68 x 228,25 x 7,95 milímetros, 425 gramas
  • Sistema operativo: Android Lollipop, 5
  • Ecrã: 8,9 polegadas, com Gorilla Glass 3
  • Resolução: 2048×1536 píxeis (286 píxeis por polegada)
  • Câmara traseira: 8 megapíxeis
  • Câmara frontal: 1,6 megapíxeis
  • Processador: Nvidia Tegra K1 64-bits
  • Memória RAM: 2 GB
  • Memória interna: 16 GB ou 32 GB
  • Bateria: 6700 mAh

Para além do tamanho display, o processador de 64-bits do Nexus 9 é também uma das suas principais novidades, prometendo rapidez e eficiência nas tarefas executadas. O aparelho conta com um sistema de som implementado nos dispositivos HTC, o BoomSound, que será certamente um grande diferencial evidenciado graças às colunas frontais. O sensor GPS também faz parte do seu hardware.

N9-grid1-l

O câmara traseira conta com foco automático e será apoiado por um flash LED, apesar de esta não ser uma das funções mas requisitadas num aparelho como este. Para quem tem como principal destino para o Nexus 9 a escrita, a Google anunciou também uma nova capa protetora que traz um teclado incluído e que se liga ao tablet via Bluetooth. O produto é vendido separadamente.

Sem Título

O Nexus 9 está disponível em preto, castanho claro e branco (ou então, como a Google lhe chama: Indigo Black, Lunar White e Sand).

  • Nexus 6

Sempre a crescer: este parece ser o lema que a Google está a aplicar com os seus smartphones, literalmente. Depois do Nexus 4, com um ecrã de 4,7 polegadas, e do Nexus 5, com uma tela de cinco polegadas, a empresa de Larry Page ‘instalou’ no Nexus 6 – que, ao contrário dos seus dois antecessores, foi fabricado pela Motorola – um generoso ecrã QHD AMOLED de seis polegadas, com uma densidade de pixels bem acima da média.

Especificações completas:

  • Dimensões: 82,98 x 159,26 x 10,06 milímetros, 184 gramas
  • Sistema operativo: Android Lollipop, 5
  • Ecrã: 5,96 polegadas
  • Resolução: 2560×1440 píxeis (493 píxeis por polegada)
  • Câmara traseira: 13 megapíxeis
  • Câmara frontal: 2 megapíxeis
  • Processador: quad-core a 2,7 GHz
  • Memória RAM: 3 GB
  • Memória interna: 32 GB ou 64 GB
  • Bateria: 3220 mAh

A câmara traseira, com estabilizador ótico, permite a gravação em 4k, a 30 frames por segundo e, “graças à sua tecnologia avançada e ao HDR+, a aplicação pré-instalada da Google Camera faz todo trabalho pesado para que possas tirar grandes fotos com pequeno esforço”, conta a Google na página do aparelho.

OI

O processador é um Snapdragom 805, que, conjunto com 3 GB de RAM, deverá garantir a ausência de quaisquer tipo de atrasos na execução de aplicações, para além de assegurar máxima fluidez nas transições do novo Android Lollipop. Ainda no site do Nexus 6 é dito que a bateria tem uma autonomia superior a 24 horas e que, com um carregamento de apenas 15 minutos, o cliente poderá manter o seu smartphone longe da tomada durante seis horas.

Nexus

O Nexus 6 estará disponível para pré-encomenda ainda este mês no site.