baababab

Filme sueco vence 18º Festival Queer Lisboa

A longa-metragem Something Must Break, de Ester Martin Bergsmark, venceu o 18º Festival Queer Lisboa, festival que se realizou entre os dias 19 e 27 de Setembro no Cinema São Jorge.

O júri desta categoria, composto por Manuel Mozos, Lene Thomsen Andino e Michael Blyth, descreve o filme sueco como um “do qual quase sentimos o sabor e o cheiro”.

Destaque ainda para a menção honrosa atribuída a Atlántida, uma produção franco-argentina da realizadora Inés María Barrionuevo e para o Prémio do Público que distinguiu Rosie de Marcel Gisler.

Dos portugueses em competição, destaque para Cigano de David Bonneville que arrecadou o Prémio do Público na categoria de curta-metragem, e para Frei de Luís Sousa de SillySeason, na categoria de Melhor Curta-Metragem Portuguesa.

Em 2015, o 19º Festival Queer Lisboa decorrerá de 18 a 26 de Setembro.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
coronavirus, hungria, parlamento hungaro, hungary, fidesz, viktor orbán
“Democracia em quarentena”. Governo da Hungria com plenos poderes durante surto de Covid-19