Os Pink Floyd revelaram, ao longo desta semana, alguns pormenores de The Endless River. O novo disco, com lançamento previsto para 10 de novembro, será o 15.º álbum da banda e marca o fim de um interregno de 20 anos. Em entrevista à Uncut, os bitânicos prometem material inédito do tempo de The Division Bell, mas tudo temperado com as novas tecnologias de estúdio “para fazer um álbum dos Pink Floyd do século XXI”.

Para além do nome, já se conhecia a imagem de capa, bem como o alinhamento do novo álbum (ver em baixo). Mas durante esta semana foram partilhados, na página oficial de Facebook dos Pink Floyd, dois trechos de faixas inéditas que farão parte do disco.

O primeiro cheirinho do “River” foi publicado na quarta-feira (24):

Na sexta-feira (26) a banda partilhou com o fãs mais um teaser de 30 segundos:

O disco, segundo o guitarrista David Gilmour, resulta das “sobras” das sessões de gravação do álbum anterior. “São mais de 20 horas de material tocado pelos três” em 1993, que não foi incluído em The Divison Bell, que sairia no ano seguinte.

Boa parte dessas gravações vêm ainda das mãos do teclista co-fundador da banda Richard Wright, falecido em 2008. O baterista Nick Mason, único dos fundadores que ainda integra o grupo (Waters abandona em 1985), vê o novo disco como “uma homenagem a Rick”. “É uma boa forma de reconhecer o que ele fez nos Pink Floyd e como a forma de ele tocar estava no coração da nossa sonoridade”, acrescenta.

Gilmour também o sente como um tributo. Adjectiva o disco de “evocativo” e confidencia que “esta é a última oportunidade que teremos de o ouvir tocar connosco”. Por essa razão, foram também incluídos fragmentos inéditos de alguns ensaios de 1969 do desaparecido teclista. Polly Samson, mulher de Gilmour, descreveu The Endless River como “o canto de cisne de Richard Wright“.

Para substituir Roger Waters, foi convidado o baixista Guy Pratt. Para as back vocals, o trio feminino Sarah Brown, Louise Clare Marshal e Durga Mcbroom.

David Gilmour com o trio de vozes secundárias

David Gilmour com o trio de vozes secundárias

Na produção, para além de David Gilmour, o novo disco teve mão de Phil Manzanera, guitarrista dos Roxy Music e do produtor Martin Glover.

Com a morte, em 2013, de Storm Thorgerson, responsável pelas emblemáticas capas dos álbuns dos Pink Floyd, o design gráfico do novo álbum é da autoria do artista digital egípcio Ahmed Emad Eldin, de apenas 18 anos.

The Endless River será editado em formato CD, em vinil, e numa deluxe box com material bónus, como faixas extra, fotografias e vídeos das sessões de gravação.

The Endless River

01. Things Left Unsaid
02. It’s What We Do
03. Ebb And Flow
04. Sum
05. Skins
06. Unsung
07. Anisina
08. The Lost Art of Conversation
09. On Noodle Street
10. Night Light
11. Allons-y (1)
12. Autumn’68
13. Allons-y (2)
14. Talkin’ Hawkin’
15. Calling
16. Eyes To Pearls
17. Surfacing
18. Louder Than Words