Um dos maiores clássicos do cinema português vai ser alvo de um remake já para o ano que vem. O Pátio das Cantigas será o primeiro capítulo da Trilogia de Clássicos, que pretende revisitar as grandes obras da época de ouro do cinema português.

Este projeto arriscado é da autoria da RTP, da Stopline Films e do realizador Leonel Vieira. As gravações já começaram em agosto na Vila Berta, no bairro da Graça, onde a adaptação do filme de Francisco Ribeiro realizado em 1942 terá lugar. O cineasta português quer trazer a história protagonizada por Vasco SantanaAntónio Silva para o século XXI. Para isso vai manter o essencial do argumento original, enquanto acrescenta algumas referências à atualidade de Lisboa. A Vila Berta será o cenário ideal para tal, visto ter características singulares e típicas daquela época mas já apresentando muitas das novidades da capital, como os veículos turísticos Tuk Tuk.

Leonel Vieira diz que este será um bom projeto para voltar a trazer público às salas, pois acredita que “cinema precisa de se reconciliar com o público; falta habituação“. O realizador mostra-se convito de que uma adaptação de O Pátio das Cantigas é ideal para esta reconciliação, já que “até as pessoas que nunca viram estes filmes sabem o que é; é um projeto que traz memória, passado, história“. Hugo Andrade e Alberto da Ponte, duas das principais mentes do primeiro canal, também se sentem confiantes neste projeto e afirmam que com ele “a história do cinema vai mudar“.

Parte do elenco do remake também já foi apresentado. César Mourão e Miguel Guilherme serão os novos Narciso e Evaristo, duas personagens icónicas do cinema nacional. Reinterpretar o papel de Vasco Santana foi o “uma das coisas que me fez dizer sim“, admitiu o comediante dos Commedia a la Carte, embora considere que tem “menos 30 quilos, de peso e de talento“. Outros dos nomes já conhecidos são Dânia Neto, Sara Matos, Anabela Moreira e Cristóvão Campos, e alguns rumores apontam para que Rui Unas e Manuel Marques se juntem à produção.

Pátio das Cantigas versão 2.0

O Pátio das Cantigas estreará nos cinemas em 2015 e será depois transmitido em três episódios na RTP. A Canção de Lisboa e O Leão da Estrela serão igualmente revisitados para completar a Trilogia de Clássicos, mas ainda não se sabe se Leonel Vieira continuará atrás das câmaras. Por enquanto fica a promessa de toda a equipa por detrás deste projeto inovador na sétima arte em Portugal: “vai ser cinema de qualidade para muito público”.