A Academia Portuguesa de Cinema divulgou os nomeados para os prémios Sophia 2014, que pretendem distinguir os melhores filmes portugueses do último ano, esta terça-feira na Cinemateca Portuguesa.

Até Amanhã, Camaradas, a adaptação da mini série da SIC com o mesmo nome sobre o PCP, adaptada de um livro de Álvaro Cunhal, é o filme com mais nomeações, num total de 15, incluindo Melhor Filme, Melhor Ator, Melhor Atriz, Melhor Ator Secundário, Melhor Atriz Secundária e Melhor Realizador. Bairro e Em Segunda Mão seguem-se na lista dos mais nomeados, contabilizando sete, e, de seguida, encontram-se, com seis nomeações, A Última Vez que Vi MacauComboio Nocturno para LisboaQuarta Divisão.

Destacam-se ainda o ator Adriano Luz, duplamente candidato na categoria de Melhor Ator Secundário pelos seus papéis em Até Amanhã, Camaradas e Comboio Nocturno para Lisboa; o realizador Joaquim Leitão, também ele nomeado por duas vezes para Melhor Realizador do ano graças ao seu trabalho em Até Amanhã, Camaradas e Quarta Divisão, filmes que deram também duas nomeações a Pedro Ribeiro pelo seu trabalho de montagem.

A cerimónia de entrega dos Sophia terá lugar no Centro Cultural de Belém no dia 8 de outubro, onde serão conhecidos os vencedores da 2.ª edição dos prémios mais importantes do cinema português e ainda homenageados os cineastas José Fonseca e Costa, Eduardo Serra e Henrique Espírito Santo.

Em baixo podes ver a lista completa de nomeados.

Melhor Filme

  • A Última Vez que Vi Macau, de João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata
  • Até Amanhã, Camaradas, de Joaquim Leitão
  • Comboio Nocturno para Lisboa, de Bille August
  • É o Amor, de João Canijo
  • Quarta Divisão, de Joaquim Leitão

Melhor Ator

  • Cândido Ferreira, Até Amanha, Camaradas
  • Gonçalo Waddington, Até Amanhã, Camaradas
  • João Lagarto, Bairro
  • Pedro Hestnes, Em Segunda Mão

Melhor Atriz

  • Carla Chambel, Quarta Divisão
  • Leonor Seixas, Até Amanhã, Camaradas
  • Maria João Bastos, Bairro
  • Rita Durão, Em Segunda Mão

Melhor Ator Secundário

  • Adriano Carvalho, Até Amanhã, Camaradas
  • Adriano Luz, Até Amanhã, Camaradas
  • Adriano Luz, Comboio Nocturno para Lisboa
  • Afonso Pimentel, Bairro
  • Carloto Cotta, Bairro
  • Marco D’Almeida, Comboio Nocturno para Lisboa

Melhor Atriz Secundária

  • Beatriz Batarda, Comboio Nocturno para Lisboa
  • Carla Chambel, Até Amanhã, Camaradas
  • Joana de Verona, Em Segunda Mão
  • Julie Sergeant, Bairro

Melhor Realizador

  • Joaquim Leitão, Até Amanhã, Camaradas
  • Joaquim Leitão, Quarta Divisão
  • João Canijo, É o Amor
  • João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata, A Última Vez que Vi Macau

Melhor Argumento Original

  • António Pedro Figueiredo e Catarina Ruivo, Em Segunda Mão
  • Leonardo António e Inês Pott, O Frágil Som do Meu Motor
  • João Canijo e Anabela Moreira, É o Amor
  • João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata, A Última Vez que Vi Macau

Melhor Fotografia

  • Quarta Divisão
  • Até Amanhã, Camaradas
  • É o Amor
  • A Última Vez que Vi Macau

Melhor Música

  • O Frágil Som do Meu Motor
  • Além de Ti
  • Um Fim do Mundo
  • Até Amanhã, Camaradas

Melhor Montagem

  • Até Amanhã, Camaradas
  • Quarta Divisão
  • É o Amor
  • Bairro
  • A Última Vez que Vi Macau

Melhor Som

  • Até Amanhã, Camaradas
  • Quarta Divisão
  • O Frágil Som do Meu Motor
  • RPG

Melhor Direcção Artística

  • Comboio Nocturno para Lisboa
  • Em Segunda Mão
  • Até Amanhã, Camaradas
  • A Última Vez que Vi Macau

Melhor Guarda-Roupa

  • Em Segunda Mão
  • Até Amanhã, Camaradas
  • 7 Pecados Rurais
  • Bairro

Melhor Caracterização

  • A Republica di Mininus
  • RPG
  • 7 Pecados Rurais
  • Comboio Nocturno para Lisboa
  • Em Segunda Mão
  • Até Amanhã, Camaradas

Melhor Documentário – Longa-Metragem

  • A Batalha de Tabatô, de João Viana
  • Ophiussa – Uma Cidade de Fernando Pessoa, de Fernando Carrilho
  • Terra de Ninguém, de Salomé Lamas

Melhor Documentário – Curta Metragem

  • Almas Censuradas, de Bruno Ganhão
  • A Máquina, de Mafalda Marques
  • Lápis Azul, de Rafael Antunes
  • Casa Manuel Vieira, de Júlio Alves
  • Fontelonga, de Luís Costa

Melhor Curta-Metragem de Animação

  • Carratrope, de Paulo D’Alva
  • Outro Homem Qualquer, de Luís Soares
  • Ptomolus, de Josemaria RRA
  • Alda, de Ana Cardoso e Filipe Fonseca
  • Brincar, de Coletivo Fotograma 24 e Coletivo de Crianças, jovens e idosos de Guimarães

Melhor Curta-Metragem de Ficção

  • Longe do Éden, de Carlos Amaral
  • Lápis Azul, de Rafael Antunes
  • Gambozinos, de João Nicolau
  • Luminita, de André Marques