Negócio Fechado, uma produção da Companhia de Teatro de Almada, está prestes a chegar ao Teatro da Trindade. A partir do dia 2 de outubro, o público lisboeta poderá assistir à peça que esteve anteriormente em cena no Teatro Municipal Joaquim Benite, em Almada. Alberto Quaresma, Marques D’Arede e Pedro Lima são os protagonistas, num texto do americano David Mamet, sob adaptação e encenação de Rodrigo Francisco.

Estreada em março de 2013, na Sala Experimental do Teatro Municipal Joaquim Benite, Negócio Fechado regressa novamente aos palcos de Almada e chega finalmente à capital. Em cena de 25 a 28 de setembro no TMJB, parte agora para o Trindade, onde irá permanecer de 2 a 19 de outubro.

Negócio Fechado é a adaptação do texto original de David Mamet, Glengarry Glen Ross, vencedor do Prémio Pullitzer em 1984. O dramaturgo americano é conhecido pelas suas peças «breves mas densas», que procuram espelhar a forma como a «solidão encontra eco na sociedade moderna». Baseado em experiências pessoais de Mamet, o texto original retrata a cidade de Chicago nos anos 60 e o “impiedoso mundo” do negócio imobiliário, numa clara crítica à sociedade americana da altura.

A adaptação portuguesa de Rodrigo Francisco, também responsável pela encenação, centra-se no universo imobiliário português de Almada, nos anos 90. Nesta versão, cinco vendedores sem escrúpulos fazem de tudo para vender a crédito terrenos e apartamentos a quem não tem dinheiro para os comprar… Alberto Quaresma, Marques D’Arede e Pedro Lima são alguns dos atores que asseguram a interpretação.

Negócio Fechado poderá ser visto de quarta a sábado às 21h30 e domingos às 18h. Os preços dos bilhetes variam entre os 8€ e os 15€. Reservas para: 213 420 000.