Fazem-nos rir quando ligamos a televisão e mostram que qualquer situação, por muito má que pareça, consegue ter um final estupidamente divertido. São os grandes senhores da comédia (pelo menos os deste ano) e foram distinguidos como tal. Entre atores principais e atores secundários, temos um total de 12 nomeados aos Emmy Awards na categoria de Comédia e a competição pode ser das mais renhidas na história da premiação. O Espalha-Factos apresenta-te os nomeados, tu decides em quem apostar.

MELHOR ATOR PRINCIPAL EM SÉRIE DE COMÉDIA

  • Louis CK, Louie

Comediante, escritor de guiões, produtor, diretor, ator, ator de voz e ainda editor! Louis é o verdadeiro homem dos sete ofícios e, por incrível que pareça, não se farta de nenhum deles. Afinal, quem corre por gosto não cansa. Entre participar em espetáculos de stand-up comedy e marcar presença em séries como Role Models e Parks and Recreation, o ator é protagonista em Louie, programa da FX que já lhe valeu várias nomeações aos Emmy Awards, incluindo uma vitória por melhor escrita para série de comédia.

http://youtu.be/j8UzeF7N9Bc

Está visto que Louis não pretende descansar e que ser apenas ator não é o suficiente para o deixar satisfeito. Aventurando-se pela escrita e produção, já lá vão 25 nomeações nos Emmy, portanto a deste ano não é surpresa nenhuma. Pode não ser o nome mais mediático entre os restantes nomeados, mas isso não é motivo para se deixar de apostar em Louis como um possível vencedor no próximo dia 25 de agosto, segunda-feira.

  • Don Cheadle, House of Lies

Quando não está a ser o companheiro de Tony Stark na saga de filmes Iron Man, Don Cheadle trata de ocupar o seu tempo com inúmeros outros projetos. Ao longo dos anos já o vimos em séries como ER, The Golden Palace e Picket Fences e, no que toca a cinema, em filmes como a já referida saga Iron Man, Crash, que lhe valeu reconhecimento também como produtor, e Boogie Nights.

House of Lies, sendo a primeira série protagonizada pelo ator, é também o projeto que mais atenção mediática lhe está a dar. Além do seu papel como Marty Kaan já lhe ter valido um Golden Globe Award, coloca-o agora na corrida por um Emmy Award. Também, se analisarmos bem a situação, depois de ter recebido Golden Globes, Academy Awards, Satellite Awards e Screen Actors Guild Awards, já só falta mesmo um Emmy para completar a sala de troféus de Don.

  • Ricky Gervais, Derek

Ricky é outro caso de multitasking, coisa que parece haver muito no ramo da comédia. Nascido em Inglaterra, o ator divide também o seu tempo profissional com atividades ligadas à direção, produção, edição e escrita televisiva. Fez ainda parte de uma banda, o duo Seona Dancing, que acabou por ter sucesso com um dos seus singles nas Filipinas. No pequeno ecrã, Ricky alcançou o estrelato ao participar na série The Office.

Conhecida sitcom britânica, a série deu ao ator a oportunidade de interpretar David Brent, um divertido general manager de uma firma. O papel já valeu a Ricky várias distinções, começando por algumas vitórias nos British Academy Television Awards, seguindo para British Comedy Awards, Golden Globe Awards e até Emmy Awards. Este ano o ator tem a oportunidade de brilhar e acrescentar mais um prémio a sua invejável lista.

  • Matt LeBlanc, Episodes

Aqui perco toda a imparcialidade. Afinal, estamos a falar de Matt LeBlanc, o eterno Joey de FRIENDS! Se há um nível épico no que toca a sitcoms, é este. Porém, não é por Joey que Matt concorre este ano a um Emmy, mas sim por se interpretar a si próprio ou, pelo menos, uma versão mais ‘hollywoodesca’ na série Episodes.

A história é simples: uma equipa produtores quer um ator para uma comédia britânica e, para seu descontentamento, o canal que irá transmiti-la escolhe Matt. A partir daí as situações divertidas e embaraçosas vão acontecendo sem parar. O que não é nada embaraço é o currículo deste ator que, tendo protagonizado FRIENDS, Joey e agora Episodes, já ganhou um Screen Actors Guild Award, um Golden Globe e até People Choice Awards. Depois de várias nomeações ao longo dos anos, não me admirava nada que este ano marcasse a primeira vitória de Matt nos Emmy Awards.

  • William H Macy, Shameless

Shameless, um dos fenómenos televisivos dos últimos anos, deu vida à carreira de William H Macy, até então um pouco já adormecida. O ator subiu ao estrelato ao entrar no filme Argo, valendo-lhe um Independent Spirit Award em 1997. A esse trabalho seguiu-se o remake de Psycho, a participação em Boggie Nights e um papel em ER.  Em 2011 começou a interpretar Frank Gallagher.

http://youtu.be/coTgue7UY0A

Com um papel que já lhe garantiu um Prism Award, é bem possível que William prove o seu poder como veterano da comédia e saia de Emmy na mão no próximo dia 25 de agosto, segunda-feira. Também, após um total de nove nomeações nesta premiação ao longo da sua carreira, talvez esteja mesmo a chegar a hora do ator sair vitorioso.

  • Jim Parsons, The Big Bang Theory

Assim como acontece com Matt LeBlanc, neste caso sou um pouco suspeito para falar. Isto porque Jim Parsons é dos meus atores cómicos preferidos e aponto sempre The Big Bang Theory como uma das minhas séries de eleição. Além da televisão, o ator espalha o seu talento para a representação também no grande ecrã e nos palcos de teatro. Um dos seus mais recentes projetos é mesmo uma combinação entre o teatro e o filme, já que Jim interpreta, no John Golden Theatre, a personagem Tommy Boatwright da peça The Normal Heart. Essa peça acabou por ser adaptada para um filme televisivo homónimo, onde o ator de Los Angeles recebeu o mesmo papel que desempenha em teatro.

http://youtu.be/p657W6TWINQ

Sheldon Cooper é, até agora, o grande papel da carreira de Parsons e, desde 2007, já lhe valeu três Emmy Awards e um Golden Globe. Visto que, de todas as séries onde participam os restantes nomeados, Big Bang é a mais reconhecida e que possui uma maior legião de fãs, faço as minhas apostas em como Jim Parsons será a grande concorrência de LeBlanc na noite da cerimónia.

MELHOR ATOR SECUNDÁRIO EM SÉRIE DE COMÉDIA

  • Andre Braugher, Brooklyn Nine-Nine

Quando olhas para ele vês a seriedade em pessoa e é exatamente por isso que este ator tem tanta piada. A interpretação séria que Andre Braugher faz de Capitão Ray Holt em Brooklyn Nine-Nine torna-o na pessoa sem qualquer tipo de manifestação de emoções mais engraçada da televisão. Ser uma figura de autoridade não é novidade para Andre, visto que um dos seus papéis mais memoráveis foi como detetive Frank Pembleton em Homicide: Life on the Street. Teve ainda participações mais curtas em diversas outras séries como House, Law & Order e Thief.

 http://youtu.be/L-Np4IAboQE

O excelente trabalho que realizou nestes 25 anos de carreira levaram-no às luzes da ribalta e garantiam que teria na sua estante dois Emmy Awards e dois Television Critics Association Awards. Recorrendo a uma frase feita, algo que fica sempre bem quando não nos queremos armar em filósofos, não há duas sem três e este ano pode ser esse ‘três’ para Andre.

  • Adam Driver, Girls

Mais um exemplo de um jovem ator que encontrou o papel que lhe serve como uma luva e que provavelmente irá lançar a sua carreira televisiva. Se para Jim Parsons foi The Big Bang Theory, para Adam Driver foi Girls. Embora tenha entrado no filme Lincoln e tenha já lugar garantido no novo episódio da saga Star Wars, Adam ainda não possui aquilo a que podemos chamar de uma carreira muito trabalhada.

Assim, 2014, além de ser o ano em que o ator foi convidado a fazer parte do próximo filme de Martin Scorcese, Silence, é também o ano em que o desempenho de Adam na série da HBO lhe valeu uma nomeação para um Emmy Award. Seria assim tão estranho ver o ator sair premiado na noite de 25 de agosto?

  • Jesse Tyler Ferguson, Modern Family

Modern Family pode vangloriar-se de ter o elenco mais equilibrado no que toca a tempo de antena dado a cada casal ou parte da família. É daquelas séries em que vês que o lugar de cada personagem é essencial para que o sucesso seja garantido e o Mitchell de Jesse Tyler Ferguson não é exceção. Fazendo parte de um dos mais famosos casais homossexuais do pequeno ecrã e, estando ligado a temáticas como o casamento e a adoção gay, Mitchell torna-se, mais do que uma personagem, uma imposição social.

Pelo seu desempenho neste papel, Tyler já foi nomeado várias vezes para um Emmy Award e, embora nunca tenha ganho, já foi distinguido com outros prémios como um Screen Actors Guild Award. Visto que a mais recente temporada de Modern Family rodou tanto à volta do casamento entre Mitchell e Cam, sendo que foi o evento da season finale, este é provavelmente o ano em que as chances do ator ganhar o seu primeiro Emmy são maiores.

  • Ty Burrell, Modern Family

O argumento do equilíbrio no elenco de Modern Family serve perfeitamente para o caso de Ty Burrell. O seu papel como Phil Dunphy, o louco mas empenhado chefe de família, é um dos maiores destaques que a série tem. Prova disso é esta personagem ser aquela que, juntamente com Gloria de Sofia Vergara, se tornou mais viral na internet, tendo sites e páginas de Facebook dedicadas apenas a frases ditas nos diferentes episódios.

O trabalho de Ty na comédia da ABC tem sido tão consistente que este já é o seu quinto ano consecutivo (2010-2014) como nomeado ao Emmy na categoria de Melhor Ator Secundário em Comédia, tendo ganho o prémio em 2011. Nos Screen Actors Guild Awards a história é a mesma: várias nomeações individuais acompanhadas de uma única vitória que, neste caso, foi ainda este ano. Talvez seja o bom presságio necessário para vermos Ty sair vitorioso da gala dos Emmy Awards 2014.

  • Fred Armisen, Portlandia

Co-criador da série onde é co-protagonista, Fred Armisen é o exemplo perfeito da combinação excelente que pode existir entre trabalho e diversão. Juntamente com o colega e também comediante Carrie Brownstein, o ator deu origem àquilo a que agora chamamos de Portlandia, uma comédia de sketches do canal IFC.

http://youtu.be/RwfcXovNmQw

Além de continuar a fazer trabalhos de stand-up comedy e de ser o líder dos The 8G Band, a banda residente do Late Night with Seth Meyers, Fred é reconhecido pela sua participação no filme Anchorman e por dar voz a um dos Smurfs nos filmes. Embora já tenha sido nomeado para um Emmy Award pelo trabalho em Portlandia, dessa vez foi na categoria de escrita, sendo que esta é a primeira ocasião em que está a concorrer com base na sua representação.

  • Tony Hale, Veep

Este é o atual campeão, o homem que levou o Emmy de Melhor Ator Secundário em Comédia no ano passado, um dos sortudos que pode trabalhar diariamente com a grande Julia Louis-Dreyfus em Veep: Tony Hale. Com uma carreira que remonta ao fim dos anos 90, Tony já passou por Arrested Development, Chuck, ER, Law & Order e Medium antes de se tornar Gary Walsh, membro da equipa de apoio à vice-presidente dos EUA.

http://youtu.be/t6vdvDFCBt0

Foi graças a Veep que Tony recebeu, além do seu Emmy, nomeações para os Screen Actors Guild Awards e para os Critics’ Choice Television Awards nos últimos dois anos. Se ganhou no ano passado, nada garante que o mesmo não aconteça este ano, tendo em conta que a mais recente temporada de Veep é a mais elogiada até ao momento.