O Pequeno Auditório do Teatro Rivoli albergará, nos dias 17, 18 e 19 de outubro, o ciclo de cinema anti-racista MICAR, uma iniciativa do SOS Racismo em parceria com a Fare Network e com a Câmara Municipal do Porto.

A cidade invicta receberá a primeira edição da Mostra Internacional de Cinema Anti-Racista, ou MICAR, na qual “serão exibidas obras cinematográficas que focam a temática do racismo, da imigração e das minorias étnicas”, destacando-se este ano a “discriminação racial no futebol”, segundo Pedro Ferreira (SOS Racismo).

A mostra visa colocar o espectador no lugar do discriminado, sendo-lhe assim possível experienciar, se bem que brevemente, o que é ser alvo de discriminação social ou racial. Como resultado, espera-se aproximar o público da perspetiva da vítima e procura-se o diálogo e a compreensão inter-raciais que conduzam ao alívio do problema.

micar 2

“O outro como duplicado é sempre, na sua não-coincidência, a chave que nos fornece acesso à nossa própria leitura. Precisamos do olhar do outro para nos ajudar a definir”, afirma Pedro Ferreira. “Num segundo olhar, compreende-se que essa imagem não constitui o nosso reflexo e que, a sê-lo, resultaria num processo redutor.”

E continua: “É do abstrato da mancha que constitui as duas metades (nós e o outro) que acedemos à possibilidade de mil figurações, imagens infinitas e diferentes em função do espectador”.

Sobre o programa ainda não há informações, mas espera-se uma forte adesão do público portuense.