am

Ana Moura recebe Prémio Amália Rodrigues

A versão ao vivo do seu álbum Desfado, gravada no festival de fado de Alfama em setembro de 2013, conquistou o Prémio Amália Rodrigues para Melhor Disco do Ano.

Esta não é a primeira vez que Ana Moura é presenteada com um Prémio Amália. Em 2008, a fadista venceu o Prémio Melhor Intérprete e, este ano, o seu trabalho voltou a ser distinguido.

Segundo um comunicado enviado à Agência Lusa, o júri da Fundação Amália Rodrigues, composto por Tozé Brito, Conceição Carvalho, Joana Carneiro, Cristina Condinho e Joaquim Marralhas, decidiu atribuir o prémio a este álbum pelo que ele encerra de qualidade poética, musical e interpretativa, mas, sobretudo, brindar a originalidade do tema que lhe dá título e que em nada belisca a tradição, na inovação para a evolução”.

Entre os premiados deste ano estiveram também o falecido editor discográfico Rui Valentim de Carvalho, com o Prémio Tributo, e o técnico de som Hugo Ribeiro, de 88 anos, com o Prémio Especial do Júri.

Os Prémios Amália, criados em 2005, são uma iniciativa da Fundação, instituída por vontade testamentária da fadista falecida há cerca de 15 anos. Os prémios serão entregues no Teatro Municipal de S. Luiz, em Lisboa, numa gala que se irá realizar no dia 6 de outubro, data em que se assinalam os 15 anos da sua morte.

Mais Artigos
Maria Joao Bastos na sic
Maria João Bastos de regresso à SIC como vilã