Marvel altera o sexo a Thor e cria Capitão América negro

Marvel altera o sexo a Thor e cria Capitão América negro

Já se sabe que por vezes a Marvel toma decisões arrojadas para continuar a surpreender os seus leitores. Aconteceu quando Stan Lee decidiu nos seus comics originais matar Gwen Stacy, namorada de Peter Parker, ou na altura do 11 de setembro, acontecimento que foi adaptado às tiras de banda desenhada mais famosas do mundo.

Mas agora a editora tomou um novo passo para a renovação das suas histórias. Thor e o Capitão América, duas das mais famosas personagens do universo Marvel, vão ser alvo de alterações surpreendentes. O Deus do Trovão vai transformar-se numa mulher enquanto que o super-herói mais patriótico de sempre passará a ser afro-americano.

No que toca a Thor, a mudança de sexo tem como objetivo atrair o público feminino, que nunca foi a target audience das bandas desenhadas. Mas as mudanças não se ficam por aí. Esta nova versão do Deus do Trovão substituirá por completo a personagem criada por Stan Lee nos anos 60 e, em vez do icónico martelo, usará um machado como arma. As novas aventuras de Thor (embora mude de sexo, o seu nome continuará igual) serão escritas por Jason Aaron, que já escreveu várias histórias de X-Men, e ilustradas por Russell Dauterman, que está mais ligado à DC Comics mas que trabalhou com a Marvel no recente filme Capitão América: Soldado de Inverno.

É tempo para um novo Capitão América“. É assim que começa o comunicado da Marvel que revela a nova identidade do super soldado. Sam Wilson é o homem que vai segurar o escudo e defender as cores da América. O nome pode parecer familiar. Na verdade, Wilson não é uma personagem nova no universo do Capitão América, mas sim o seu companheiro Falcão. Na nova história elaborada por Stuart ImmonenRick Remender, artistas já conhecidos por outros trabalhos de banda desenhada, Steve Rogers vai perder os poderes e pede assim ao seu fiel amigo que dê continuidade ao seu alter-ego. Com Sam Wilson pretende-se atualizar o Capitão América, visto que o ex-Falcãonão cresceu nos anos 1930, ele é um homem moderno em contacto com os problemas do século XXI”, destaca o editor Tom Brevoort.

As novas as aventuras dos agora renovados heróis só serão publicadas em outubro. Para já, não se prevê que estas alterações passem para o grande ecrã nos filmes de Thor e Capitão América ou dos Vingadores, o grupo de super heróis do qual ambos fazem parte.