Zapping Internacional

Como ‘How I Met Your Mother’ destruiu a ideia de romance

Esta semana o Zapping Internacional vai entrar na psicologia e tentar explicar o porquê de esta geração simplesmente não acreditar tanto no verdadeiro romance. Parece tema para o Queridas Manhãs ou para o Você na TV! mas leiam e perceberão que o mundo das séries pode bem ser o motivo de estarem sozinhos a assistir Kitchen Nightmares. Além da aula de psicologia que vos irei tentar dar, sem cair muito no ridículo, trago-vos também novidades de Once Upon a Time, Criminal Minds, Sherlock e The Walking Dead.

ATORES QUE DARÃO VIDA A PERSONAGENS DE FROZEN ESTÃO ESCOLHIDOS

Desde o final da terceira temporada de Once Upon a Time, mais especificamente desde a cena final do último episódio, que todos se questionam quem interpretará as personagens do filme Frozen. O recente grande sucesso da Disney, que será explorado nos novos episódios da série, é uma das longas-metragens mais rentáveis dos últimos anos, portanto foi uma estratégia inteligente, e até inesperada, por parte dos responsáveis de OUaT fazerem a adaptação dessa história para televisão. Claro que aqui entra o difícil processo de escolher as caras certas para darem vida a tão adoradas personagens.

escolhidos-os-atores-que-viverão-kristoff-e-anna-na-nova-temporada-de-once-upon-a-time-elizabeth-lail-scott-michael-foster-sobre-pop-2014-foto-horz

Na imagem podemos ver os já três atores confirmados para interpretarem algumas das personagens do filme de animação. Da esquerda para a direita temos Scott Michael Foster, que será KristoffElizabeth Lail, a princesa Anna em carne e osso, e  Georgina Haig, escolhida para ser a rainha Elsa. Haig não é estranha ao público graças ao papel que desempenhou de Etta Bishop, filha de Peter Bishop e Olivia Dunham, na já terminada série Fringe. Como grande fá de Fringe, é sempre bom ver uma cara conhecida regressar a séries de destaque.

CRIMINAL MINDS COM NOVA TEMPORADA E NOVA AQUISIÇÃO ESPECIAL

Quem não tem os episódios de Criminal Minds em dia é melhor parar de ler agora. Quem tem visto tudo até ao episódio mais recente está ainda a pensar o que achar da saída de Jeanne Tripplehorn (Alex Blake) da série após esta se ter debatido com memórias da morte do filho e por se sentir responsável por um colega quase morrer ao defendê-la. Com uma vaga na equipa da Unidade de Análise Comportamental, foi revelado pela CBS que Jennifer Love Hewitt será a atriz responsável por preencher esse espaço no elenco fixo da série.

jennifer-love-hewitt-12474-12862-hd-wallpapers

Conhecida como a protagonista do filme I Know What You Did Last Summer e da série Ghost Whisperer, Jennifer será Kate Callahan em Criminal Minds, uma experiente agente secreta que acabará por se cruzar com o restante elenco durante uma missão. O encontro ocorrerá logo no primeiro episódio da décima temporada, quando a série regressar a um de outubro deste ano.

É COMO O APERITIVO ANTES DO PARTO PRINCIPAL

É oficial: Sherlock vai regressar para uma quarta temporada. Porém, isso só deverá acontecer em 2016. Até lá, está garantido que podemos contar com um episódio especial em 2015, algo que servirá para acalmar o apetite dos milhões de fãs que a série conquistou nos últimos anos. A aventura inédita será transmitida no Natal e, segundo o Twitter do canal BBC One, as gravações do mesmo arrancam no próximo mês de janeiro.

14557272922_3a8525e49c

Relativamente ao que está por vir para Sherlock e WatsonMark Gatiss, o co-criador, roteirista e produtor executivo da série disse: “Quarta temporada! Finalmente! É sempre muito especial regressar ao mundo de Sherlock, mas desta vez será ainda mais especial, pois estamos a preparar um especial. Vamos também filmar três novos episódios que levarão Sherlock e John Watson a águas mais profundas e escuras. Toda a equipa por trás de Sherlock está empolgada em voltar para quatro novas aventuras. O jogo começou, outra vez!”.

“THERE’S A LOT MORE ACTION, A LOT MORE ZOMBIES”

É uma das frases que caraterizam a próxima temporada de The Walking Dead. No último episódio da quarta temporada vimos Rick e companhia a conseguirem encontrar-se de novo, apenas para voltarem a estar em graves problemas: presos no vagão de um comboio e rodeados de inimigos prontos para matá-los.

Podemos ainda não saber como é que o grupo conseguirá sair dessa situação, mas podemos começar a criar algumas teorias. Se precisas de alguma motivação para o fazer, vê aqui um vídeo com imagens dos bastidores da quinta temporada da série e entrevistas com atores e membros da equipa de produção. The Walking Dead regressa a 12 de outubro ao canal AMC.

http://youtu.be/J_Am2BeNOW8

PODERIA HOW I MET DESILUDIR-NOS AINDA MAIS? CLARO QUE SIM!

Não é suposto ser assim! Comédias românticas, sejam filmes ou séries, não nos deveriam dar falsas perceções do que o amor é. Deveriam sim motivar-nos a encontrar a pessoa que nos acompanharia naquela incrivelmente lenta corrida para os braços um do outro, sempre com a melhor praia como cenário. Em vez disso, o mais romântico que podemos esperar da nossa vida são uns likes nas fotos certas e dividir um cigarro no fim do baile de finalistas com o nosso par.

Por que é que isto acontece? Bem, segundo um estudo presente na Psychology of Popular Media Culture, séries como How I Met Your Mother são as verdadeiras responsáveis pela cada vez maior falta de fé (na falta de melhor palavra) nos atos e ideologias românticas.

how-i-met-your-dad

Segundo as informações divulgadas no estudo referido, quem assiste a sitcoms tem mais tendência para se desiludir com encontros românticos e a criar menos expectativas no que toca a acontecimentos amorosos. Já aqueles que se mantêm longe deste tipo de séries acabam por ser os verdadeiros crentes em situações como amor à primeira vista ou relações à distância. “Quantas mais sitcoms os participantes do estudo viram, mais fraca a sua crença no romance se tornava, incluindo nos ideais de alma gémea, amor à primeira vista e a existência DA pessoa“, foi a forma como a New York Magazine resumiu estes resultados.

tumblr_mzd1d1Mtb21rl50hno1_500

Aqueles que acompanham reality shows são os que acabam por ter mais esperança em encontrar o verdadeiro amor e em viverem os mais perfeitos cenários retirados de livros do Nicholas Sparks.

Mas sejamos sinceros, claro que uma série como How I Met é um atentado a uma relação séria! A série é toda baseada num pai viúvo a contar aos filhos (órfãos de mãe) todas as aventuras que teve quando era mais novo, sejam histórias divertidas com os amigos ou episódios sexuais com diferentes mulheres, tudo para no fim ter a permissão para poder começar um relacionamento com alguém a que eles chamam de tia! E diziam que o Inception era complicado.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.