Pela primeira vez em Portugal promove-se um congresso relativo à cena da música underground e a ética Do It Yourself, um dos movimentos culturais mais influentes e relevantes dos últimos 30 anos, com origem na cidade de Nova Iorque.O evento é promovido pela Keep It Simple, Make It Fast e acontece no Porto entre os dias 8 e 11 de julho. É no âmbito deste evento que a cidade vai receber Will Straw, responsável pela introdução do conceito de cena musical na linguagem científica, Nick Crossley, reconhecido pela sua abordagem da música através da social network analysis, e George McKay, agente ativo na cultura DIY e investigador na relação entre a música e a deficiência.

Entre outras atividades, destaque para para a exibição do documentário Nadie es inocente, um retrato do punk mexicano, por Sarah Minter, bem como do bootleg (recolha amadora de imagens ao vivo) Sonic Youth ao vivo no Campo Pequeno – Lisboa, 14 de julho de 1993, captado por José F. Pinheiro.

Será possível ainda ver as exposições God Save The Portuguese Fanzines, de Paula Guerra, Pedro Quintela e Júlio Dolbeth, bem como Blitzkrieg Poster: Create to Destroy?!, um olhar sobre os posters mais marcantes da cultura punk portuguesa.

Já sexta feira, 11 de julho, o Plano B recebe a estreia em palco no Porto de Víctor Torpedo (Tédio Boys, The Parkinsons), juntamente com The Dirty Coal Train e um DJ set de Pedro Pardal.