O Festival Internacional de Cinema FESTROIA apresenta agora a sua 30.ª edição, a qual foi iniciada no passado dia 6 de junho e terminará no dia próximo dia 15. O festival decorre em Setúbal, exibindo as suas obras cinematográficas no Fórum Luisa Todi e no Auditório Municipal Charlot.

Este evento nasceu em 1985 e tem como principal objectivo promover cinema não conhecido em Portugal, primando pela diversidade cultural. Apresenta quatro secções competitivas – Secção Oficial, Primeiras Obras, O Homem e a Natureza, e Independentes Americanos –, as quais são avaliadas por um júri de composição internacional.

Este festival tem uma grande colaboração de instituições como a Academia Europeia de Cinema e a European Film Promotion. Em 1987, alcançou o estatuto de Associação Cultural sem Fins Lucrativos e, um ano mais tarde, foi reconhecido pela Federação Internacional das Associações de Produtores de Filmes.

Em conjunto com a Câmara Municipal de Setúbal, o FESTROIA foi também responsável pelo lançamento do concurso Curtas Sadinas, com as modalidades de documentário, animação, escolas e ficção, do qual os filmes vencedores são exibidos no festival.

A 28ª edição do FESTROIA é recebida no Fórum Luísa Todi.

A 28ª edição do FESTROIA é recebida no Fórum Luísa Todi.

Em homenagem ao seu fundador, o evento criou em 2009 o Prémio Mario Venturas, o qual reconhece a curta-metragem europeia que se destaque pelo seu argumento, sendo esta premiada no valor de 2.000 euros.

Nesta 30ª edição, para além das secções já referidas, o FESTROIA destaca a Alemanha na categoria de Homenagem a um País. Adicionalmente, alguns filmes serão encaixados em classes separadas, tais como a Secção Temática, o Panorama Infantil, o Panorama Juvenil, entre outras.

Os representantes do cinema alemão, inseridos na Homenagem a um País, serão presenteados com o prémio Golfinho de Cristal. Já o Golfinho de Ouro de Carreira destaca figuras seleccionadas da sétima arte, ao passo que o Golfinho de Ouro é atribuído ao melhor filme da Secção Oficial, o qual é seleccionado pelo júri oficial previamente definido. Os vencedores das restantes categorias são destacados com o Golfinho de Prata.

A 28ª edição do FESTROIA é recebida no Auditório Municipal Charlot.

A 28ª edição do FESTROIA é recebida no Auditório Municipal Charlot.

O Júri Oficial da edição corrente é constituído por Jos Stelling (dos Países Baixos), Shemi Zarhin (de Israel), Ingvar Sigurðsson (da Islândia), Monika Hilmerová (da Eslováquia), Anca Damian (da Roménia) e Karel Fairaisl (da República Checa).

Os filmes são exibidos todos os dias, nos referidos auditórios, das 11.00 às 00.00. Este festival tem um cariz sobretudo informal, pelo que todos os interessados podem obter os seus convites junto da organização do festival – situada na R. António J. da Silva, 11, 2º, em Setúbal – ou, por exemplo, na Casa da Cultura – espaço sobre o qual o Espalha-Factos também já elaborou um artigo. Na Casa da Cultura poderás também encontrar, frequentemente, participantes e organizadores do evento, os quais se mostram disponíveis para “dois dedos de conversa”.

Para mais informações, podes consultar o site oficial do festival aqui.