A adaptação de Yerma, de Federico García Lorca, feita pela Companhia João Garcia Miguel, foi o espetáculo vencedor do Prémio Autores SPA.

Tendo estreado em outubro de 2013, no Teatro-Cine de Torres Vedras, Yerma já passou por várias cidades do país, mas também pelo Festival Actual deste ano em Logroño, Espanha.

Yerma é o nome de uma mulher casada que deseja ter um filho e que descobre que o marido não lho consegue dar. Desesperada, não se resigna e resiste à ideia de ficar presa a uma esterilidade da qual não se considera culpada. Fazendo-se protagonista do seu destino, Yerma é inflexível, como Antígona, e, como Medeia, mata o seu próprio filho.

FICHA ARTÍSTICA
Texto: Federico García Lorca
Direcção/ Encenação: João Garcia Miguel
Actores: Miguel Borges e Sara Ribeiro
Músico: Lula’s
Vídeo: Miguel Lopes
Figurinos: Miguel Moreira
Apoio ao movimento de Sara Ribeiro: Eliana Campos
Direcção técnica/Desenho de som: Tiago Gomes
Assistência técnica: Luís Ferreira e José Manuel Arsénio
Produção: Raquel Matos
Imagem: Jorge Reis
Participação especial: Manuela Gomez Plaza

Vê aqui o espetáculo na íntegra: