Amor Perfeito é o romance de estreia do autor Nuno Nogueira Silva. Um romance clássico, que mostra que um relacionamento amoroso não necessita de ser complexo quando duas pessoas foram feitas uma para a outra.

Este romance conta a história de amor de Tomé e Sofia. Tomé é um vendedor imobiliário que terminou há pouco tempo um relacionamento. Sofia é uma enfermeira de Lisboa, divorciada e com uma filha, prestes a mudar-se para o Porto para trabalhar no Hospital de S. João. Ambos conhecem-se numa feira de imobiliário, enquanto Sofia procurava comprar um apartamento, e a partir daí seguem-se uma sucessão de acontecimentos que cada vez mais os aproxima.

Tomé e Sofia vivem uma história de amor que muita gente gostaria de viver. A química entre ambos é mais que perfeita, e descrição das cenas onde ambos interagem mostram o quanto estas personagens foram feitas uma para a outra. A história é maioritariamente escrita à base do diálogo, acabando por desenvolver as personalidades de uma forma não tão detalhada, o que leva o leitor a ter uma maior proximidade com as personagens.

Em termos de enredo, apesar toda a história se focar no romance entre os dois protagonistas, nem tudo é um mar de rosas. O amor perfeito de Tomé e Sofia sofre um duro golpe quando Catarina, a ex-namorada de Tomé, entra na história e, num ato de desespero, engendra um plano para separar o casal e voltar para os braços daquele que acredita ser o seu verdadeiro amor. Se esta separação será permanente ou não, apenas a história o dirá.

Lançado pela Papiro Editora, Amor Perfeito apresenta-nos uma história de amor clássica, com um enredo que mistura ficção com rotina, descrevendo as vidas dos protagonistas e colocando-os em diálogos com personagens secundárias, de forma a que as conheçamos e consigamos compreender as suas personalidades. Contudo, sendo o primeiro romance de Nuno Nogueira Silva, a história peca pela falta de descrições físicas e por longos diálogos sem narração descritiva pelo meio. Contudo, tendo em conta o género literário em que esta história se enquadra, estes aspetos são facilmente ignorados em prol da curiosidade em saber como vai acabar a história entre Tomé e Sofia. Para quem gosta de uma história de amor simples, que surpreende o leitor principalmente nos últimos momentos, Amor Perfeito é uma boa adição à coleção.

Nota: 7/10