Vasco Graça Moura morreu esta manhã vítima de doença prolongada aos 72 anos.

Para além de uma vasta obra própria publicada que lhe valeu honras como os prémios  Pessoa e Virgílio Ferreira distinguiu-se nas grande traduções que fez, como foi o caso da Divina Comédia de Dante.

Era ainda presidente do Centro Cultural de Belém desde 2012.