De 22 a 27 de abril o segundo canal público vai emitir seis documentários relacionados com a Revolução de 25 de abril de 1974.

Três documentários sobre figuras chave da revolução, mais três documentários relacionados com os efeitos do golpe de estado. São estes os temas dos seis documentários que a RTP2 vai exibir esta semana à noite.

A 22 de abril, pelas 23h15, vai para o ar Ser e Agir de João Miller Guerra. Este filme mostra o avô do realizador e a relação que este teve com a revolução.

A 23 de abril também às 23h15 é a vez de O IMPÉRIO e os ROMÂNTICOS ARMADOS de António José de Almeida. Neste documentário podemos ficar a saber nomes de vários Homens que ousaram contradizer a ditadura de Salazar.

Na véspera da revolução, a 24 de abril às 23h15, Capitão Desconhecido de João Osório. Aqui ficamos a conhecer a história dos arquitetos da revolução, Salgueiro Maia e Otelo Saraiva de Carvalho.

A 25 de abril, às 23h15, Primeiras entre iguais por Paulo Rodrigues. Este documentário de 2014 mostra como é que o mundo é visto pelas primeiras damas da Democracia.

Um dia depois, a 26 de abril às 21h50, Estética, Propaganda e Utopia no Portugal do 25 de abril. Este documentário realizado por Paulo Seabra analisa o efeito que os movimentos partidários do PREC tiveram na fundação de uma cultura de cartazes e de propaganda.

O último documentário vai para o ar a 27 de abril, às 21h45, Terra da Fraternidade de Lourenço de Almeida Barbosa Carvalho faz uma comparação com os sentimentos da população há 40 anos e agora. O que se partilha e o que mudou no descontentamento português.