A uma semana da partida para Copenhaga e a duas semanas da primeira semifinal do Festival Eurovisão da Canção, na qual participará, Suzy está imparável na agenda promocional pela Europa e em Portugal. A representante portuguesa, ainda longe de ser unânime, tem já um registo que ninguém lhe tira: é a mais esforçada candidata nacional no que diz respeito à sua tour promocional.

Nos próximos sete dias, a cantora não vai ter descanso. Hoje pisou o palco da Praça da Alegria, na RTP1, na quinta-feira estará no Queridas Manhãs, da SIC e no Portugal no Coração, na estação pública. No domingo, um dia antes de deixar o nosso país rumo à participação eurovisiva, estará no Somos Portugal, da TVI.

Nas últimas semanas, a agenda também tem sido preenchida. Gravou a versão final de Quero Ser Tua, esteve presente nos Eurovision in Concert de Londres e Amesterdão, foi entrevistada pela Newsweek e por várias publicações internacionais especializadas no Festival. Por cumprir continuam ainda presenças em Espanha e França, já anunciadas pela equipa da cantora.

As imagens da atuação em Londres dão expetativa positiva para um bom resultado português e os fãs internacionais até já sabem cantar a música. No entanto, as críticas continuam mistas e as previsões não são as mais otimistas, apesar da intérprete ambicionar voos mais altos que a eliminatória de dia 6. Nas apostas, Portugal não vai além do 34.º lugar e no pre-chart do ESCStats permanece em 11.º lugar na sua semifinal, lugar imediatamente inferior ao mínimo para conseguir apuramento para a finalíssima.

Entretanto, Suzy apelou aos fãs internacionais que possam enviar letras nas suas línguas para que ela as possa interpretar. Os idiomas elegíveis são o castelhano, o francês e o russo. Garantida está a versão inglesa, a apresentar em breve.

Conhece aqui a versão da música com as alterações que a RTP permitiu e, abaixo, o vídeo que se tornou viral nas redes sociais a semana passada, a versão dos Caloiros de Medicina da Universidade de Coimbra para o tema eurovisivo nacional.

Breves

  • Mea Culpa, a canção interpretada por Catarina Pereira no FC2014, foi escolhida pela OGAE (Organização de Apoio à Eurovisão) portuguesa como a representante no concurso online OGAE Second Chance 2014. Na competição participam músicas escolhidas pelos vários sócios internacionais da OGAE em todo o mundo que não conseguiram vencer as suas finais nacionais e participar no Festival Eurovisão da Canção.
  • A Suécia continua a ser a preferida dos eurofãs, embora os apostadores online tenham reforçado o favoritismo da música da Arménia. A subir continuam a Dinamarca e o Reino Unido.
  • Sílvia Alberto vai ser novamente a comentadora portuguesa no Festival da Eurovisão e a responsável pelos diários da comitiva portuguesa no evento.
  • Rui Andrade, concorrente do Festival da Canção em várias das suas edições, vai estar no coro da canção russa. Num ano em que pela diplomacia têm falhado, pode ser que assim cheguem aos 12 pontos portugueses.