O norte-americano Austin Tott decidiu dar um enquadramento original a pequenas tatuagens através de uma série de fotografias intitulada Tiny Tattoos

A cada pequena tatuagem, tatuada no pulso em tons de negro, é atribuído um cenário que com a mesma partilha uma ligação. Deste modo, os simples desenhos ganham vida e transbordam para além do corpo onde se encontram.

Desde um barco à vela a navegar num mapa ou um par de aspas ao pé de uma pilha de livros, passando por um envelope rodeado de selos e cartas e um guarda-chuva contra um céu azul e nuvens (de palavras), cada fotografia tem algo único para oferecer.