O Teatro do Bairro estreou a 18 de abril um novo espetáculo musical. Depois da Revolução é o nome da peça que atravessa musicalmente as revoluções do passado.

«Depois de um clímax de emoções de expressões de revoluções e contrarrevoluções chega a vez de os autores, darem a ouvir as suas vozes, muito pessoais, perigosamente humanas, do que são capazes de criar num palco depois desse legado« – assim é introduzida a mais recente produção do Teatro do Bairro.

Após a estreia de Cabaret Alemão, o Teatro do Bairro prossegue na linha do teatro musical mas, desta vez, por uma vertente um pouco diferente. Em Depois da Revolução um coro interpreta motes revolucionários, num processo de assemblage musical, «onde se evidencia a transversalidade das canções e hinos tratados».

Sob encenação de António Pires, a criação artística e musical está a cargo de Luís Bragança Gil e os textos e dramaturgia de Luísa Costa Gomes. À orquestra e ao coro, composto por doze cantores, juntam-se os atores Catarina Wallenstein, Dinis Gomes, Pedro Inês e Solange Santos.

O espetáculo estará em cena de quinta a sábado, às 21h30, e ao domingo às 17h. Os preços dos bilhetes são 7,5€ e 12,5€.