A peça 8 Mulheres, de Robert Thomas e encenada por Bruno Gamboa, estreia no próximo dia 23 de abril no Teatro da Trindade. Esta comédia policial conta a história do assassinato de Marcelo e das oito mulheres suspeitas. Inês Castel-Branco, Custódia Gallego e Victoria Guerra são algumas das atrizes do elenco.

8 Mulheres foi a peça escolhida para comemorar os 10 anos de existência da Tenda Produções. Escrita em 1958 e revista pelo dramaturgo em 1961, ganhou o Prix Quai des Orfévres, prémio que reconhece a qualidade de um romance policial. O texto de Robert Thomas foi adaptado ao cinema, em 2002, por François Ozon.

No espetáculo, foram incluídas algumas músicas e coreografias para potenciar o lado de comédia. De acordo com o comunicado de imprensa, a produção apostou na escolha do elenco.

Ângela Pinto, Carmen Santos, Catarina Mago, Custódia Gallego, Inês Castel-Branco, Joana Brandão, Paula Guedes e Victoria Guerra fazem parte do elenco e interpretam as oito mulheres suspeitas no assassinato de Marcelo.

Como pode ler-se na sinopse, a história passa-se na época natalícia e a mansão, onde decorre a narrativa, está coberta de neve. O assassino não conseguia ter entrado ou saído de casa, por isso as suspeitas caem sobre as oito mulheres que estavam na mansão de Marcelo: a sua esposa, cunhada, sogra, a filha mais velha, a mais nova, a criada, a governanta e a irmã.

8 Mulheres está em cena no Teatro da Trindade de 23 de abril a 10 de junho. De a quarta a sábado, o espetáculo decorre às 21h30 e às 18h de todos os domingos. Os bilhetes custam entre os oito e 15 euros. Para saber mais informações consulta o website oficial.