A escassos quilómetros de uma das mais belas praias de Portugal, a Zambujeira do Mar, A Terra transmite-nos uma paz de espírito inigualável aliada ao ambiente familiar proporcionado por um simpático casal. Tudo isto nasceu há quatro anos, tendo crescido ano após ano, cultivado pelo amor à arquitetura paisagística, construção ecológica e à fauna e flora.

Os sorrisos da Cláudia e do Francisco deixam adivinhar a história do projeto A Terra. Vindos de Inglaterra, gostaram das planícies do sudoeste alentejano e decidiram erguer aqui um pouco das suas viagens à Indonésia, Índia e Tailândia sob a forma de parque de campismo ecológico e sustentável que dizem funcionar como uma extensão da sua casa. As tendas, que lembram aldeamentos índio-americanos, foram construídas, mobiladas e pintadas pelos proprietários e transmitem toda a sua dedicação. O parque prima pelo conforto humilde, em comunhão com a natureza.

unnamed

No verão, especialmente em julho e agosto, os hóspedes têm acesso à praia fluvial privada com bar e podem também gozar de aulas de yoga ou meditação em tendas construídas para o efeito. Pode-se ainda andar a cavalo e participar em passeios pedestres, bem como usufruir de massagens e tratamentos para a pele com óleos e ervas ayurvédicas realizados por profissionais indianos. O conceito ecológico está presente até nas casas de banho, onde tudo é reutilizado e o hóspede pode tomar duche com vista para um pôr-do-sol maravilhoso, em harmonia com a natureza.

image

As refeições são servidas na sala comum por um chef espanhol e são absolutamente deliciosas, sendo privilegiada a qualidade e não a quantidade. A receção, decorada de uma maneira simples e exótica, tem uma pequena loja com acessórios indianos e produtos locais para levar para casa. As crianças não foram esquecidas, tendo a oportunidade de correr e brincar com total liberdade.

O objetivo deste projeto passa também por nos distanciarmos um pouco da constante azáfama citadina e de uma vida repleta de aparelhos eletrónicos, dando a nós mesmos a oportunidade de nos preocuparmos com outras causas e também de realizar mudanças a nível pessoal que nos ajudem a ser pessoas melhores. Depois de uma estadia neste local tão especial apercebemo-nos que há, de facto, uma maneira de viver confortável que não agride a terra, mas sim tira partido das suas potencialidades desperdiçando o mínimo possível.

Valores como: Comunidade, Respeito, Cooperação, Cuidado, Paciência e Gratidão estão bem presentes nesta iniciativa e pretendem inspirar quem por lá passa, procurando mostrar o que de bom pode ser alcançado seguindo esta filosofia de vida.

fvsdeg

Aconselhado pelas revistas Visão e Activa e pelo jornal Expresso, é impossível ficar indiferente a este local perfeito para quem quer descansar usufruindo da tranquilidade que a Terra tem para oferecer.Com o crescimento contínuo d’A Terra, que recebe anualmente dezenas de pessoas provenientes de todas as partes do país e do mundo, pensa-se na possibilidade de expandir a produção orgânica própria e alargar os padrões de conforto e variedade de instalações, proporcionando uma experiência ainda mais única e mágica aos seus visitantes.

Texto escrito por Mathilde Misciagna