XXX AMAZING-SPIDER-MAN-2-JY-2203

O Fantástico Homem-Aranha 2: O Poder de Electro

Marc Webb convenceu o público e a crítica em 2012, ao dar uma nova vida ao Homem-Aranha, que surgiu com uma nova cara e uma personalidade mais corajosa e divertida. Mas se o primeiro novo filme de Spider-man surgiu como uma lufada de ar fresco entre os blockbusters de super-heróis, já O Fantástico Homem-Aranha 2: O Poder de Electro ficou aquém das expectativas.

Neste filme, o Homem-Aranha (Andrew Garfield) continua a proteger os seus concidadãos. Mas quando surge Electro (Jamie Foxx), Peter tem de enfrentar um adversário bem mais poderoso que ele. Ao mesmo tempo, com o regresso do seu velho amigo Harry Osborn (Dane DeHaan), o jovem super-herói apercebe-se que há um elo comum a todos os seus inimigos: a OsCorp.

O argumento de O Fantástico Homem-Aranha 2: O Poder de Electro traz-nos vilões a mais, humor a mais e emoções a menos, não deixando contudo de estar na média da qualidade dos filmes da Marvel. No entanto, mais de 2h20 de duração (é o mais longo filme do Homem-Aranha até agora) é demais para um filme de super-heróis, onde os vilões parecem multiplicar-se para desgaste do espectador que tarda em ver o fim à história.

the-amazing-spider-man-2-photos-electro

O Fantástico Homem-Aranha 2: O Poder de Electro mantém o tom descontraído do seu predecessor, e acrescenta-lhe algum sarcasmo, com uma espécie de auto-paródia ao próprio Homem-Aranha (até o toque de telemóvel de Peter Parker é divertidamente familiar). Contudo, a certo ponto, esse humor começa a ser em demasia e já muito previsível e pouco natural.

Marc Webb perdeu o encanto que colocou no primeiro filme, mas não deverá desiludir os fãs de Spider-man, que certamente sentirão o balanço da longa-metragem e a inesgotável fonte de vilões de forma mais familiar do que o público comum e menos ligado à História deste personagem da Marvel.

No elenco, Andrew Garfield continua a surpreender com esta nova encarnação de Spider-man, mais descontraído e provocador. Por seu lado, Emma Stone conquista definitivamente o público com a sua Gwen Stacy, cativante, corajosa e aguerrida, como a Mary Jane Watson de Kirsten Dunst nunca foi. Nos secundários, Jamie Foxx surpreende ao vestir a pele de Max Dillon ou ElectroDane DeHaan assume uma forte e obscura personalidade como Harry Osborn, fazendo prever dificuldades para o futuro de Peter Parker. Já Paul Giamatti surge quase irreconhecível como o alucinado Aleksei Sytsevich (ou The Rhino, se preferirem). De regresso está a veterana e sempre talentosa Sally Field, a Tia May, sempre carinhosa e preocupada com o sobrinho.

rs_1024x759-131205062817-1024-2amazing-spider-man-2.ls.12513

Neste capítulo, o 3D nada acrescenta à componente técnica, ao contrário do que acontecia no primeiro filme. Ainda assim, são de destacar os inacreditáveis efeitos especiais, que mostram Nova Iorque como nunca a vimos. A acompanhar, a banda sonora com temas da autoria de Johnny MarrPharrell Williams ou Hans Zimmer, resulta na perfeição com as imagens que vemos.

Depois do excelente regresso do Homem-Aranha em 2012, O Fantástico Homem-Aranha 2: O Poder de Electro não faz jus ao que o primeiro filme prometia. Marc Webb perdeu o ritmo, mas Andrew Garfield e Emma Stone continuam a dar valor ao casal protagonista para agrado dos fãs.

6/10

Ficha Técnica:

Título Original: The Amazing Spider-Man 2

Realizador: Marc Webb

Argumento: Alex Kurtzman, Roberto Orci, Jeff PinknerJames Vanderbilt, baseado na banda desenhada de Stan LeeSteve Ditko

Elenco: Andrew Garfield, Emma Stone, Sally Field, Jamie FoxxDane DeHaanPaul GiamattiFelicity JonesColm Feore

Género: Acção, Aventura, Fantasia

Duração: 142 minutos

Crítica escrita por: Inês Moreira Santos

*Por opção da autora, este artigo foi escrito segundo as normas do Acordo Ortográfico de 1945

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
Nazaré
Segunda temporada de ‘Nazaré’ já tem data de estreia