O Airbus A320,  um dos novos aviões de reforço à frota da TAP este Verão, será o avião batizado com o nome do Prémio  Nobel da Literatura. Para celebrar, entre junho e agosto, o filme José Saramago, O tempo de uma memória, de Carmen Castillo, será exibido a bordo dos voos.

Voltando atrás no tempo, podemos recordar que numa das partidas para mais uma viagem de avião, no aeroporto da Portela, alguém disse a José Saramago que “seria extraordinário se um avião recebesse o nome de Blimunda, a mulher que via por dentro das pessoas e recolhia vontades para que a passarola chegasse a levantar voo”. 

Perante o sorriso de José Saramago perante tal inaudita ideia, gravado na memória da administração da TAP, será então este ano o nome do próprio escritor a cruzar os céus com a companhia aérea, apesar da ideia inicial envolver o nome de Blimunda.

O administrador-executivo da TAP, Luiz da Gama Mór, considera que “a atribuição do nome de ‘José Saramago’ a um dos aviões da nossa frota é uma enorme honra para a companhia aérea portuguesa, que, deste modo, homenageia simbolicamente um dos maiores expoentes da língua Portuguesa, evocando o Nobel pelos céus do mundo e levando, nas suas asas, o nome de José Saramago a dezenas de cidades na Europa e em África”.