Foi pelas dezanove horas de uma bela e solarenga tarde de sábado que Bruno Santos e o seu quarteto abriram as hostes no edifício AXA. Com a sala bem composta, apesar da convidativa tarde, Bruno Santos (Guitarra), João Moreira (Trompete), Jeffrey Davis (Vibrafone), Romeu Tristão (Contrabaixo) e João Pereira (Bateria) apresentaram o mais recente trabalho discográfico do guitarrista madeirense, Caixinha de Música.

Com uma linguagem jazzística sóbria e madura, Bruno Santos revela os seus dotes enquanto músico e performer, mas também no campo da composição. Brindados com temas como “Contrabaixos Não Há Argumentos” ou “Spam”, numa clara homenagem a Jim Hall, Bruno Santos fez as honras de mais um evento Porta-Jazz.

Fotogaleria da autoria de Raquel Lemos