Maio é o mês do Teatro Rápido celebrar o seu segundo aniversário com o reviver de micropeças que desde 2012 encantam o público. FESTA É FESTA é o festejar de 2 anos em que se apresentaram 96 micropeças a mais de 50.000 espetadores e ainda se ofereceu café-teatro, exposições, concertos, tertúlias, entre outras maravilhas.

De um a 31 de maio, de 5ª a 2ª, das 18h às 20h, estarão em cena Onde é que julgas que vais, A Camisa, o Vestido e a Janela, Natália e C10H14N2. O custo dos bilhetes é de 3€.

Onde é que julgas que vais é um texto de  Tiago Torres da Silva com fotografia de Inês Torres da Silva Com interpretação de Fernanda Neves e João Passos, trata-se da história de uma prostitua que se sente “inexplicavelmente tocada pela gentileza de um cliente”, dando origem a “uma luta violeta pelo poder, onde amor, sexo, solidão, passado e futuro se misturam”. As sessões têm início às 18h, 18h30m, 19h, 19h30m e 20h, na Sala 1.

A Camisa, o Vestido e a Janela, a partir de Peças Amorosas de André Murraças, conta com a interpretação de Eduardo Molina. Esta produção da Edipoética “tem como partitura três textos finamente humorísticos (…), onde o amor vem sempre amanhã”. As sessões têm início às 18h05m, 18h35m, 19h05, 19h35m e 20h05m, na Sala 2.

Natália, de Renato Pino, conta com a interpretação deste e de Teresa Côrte-Real, tratando-se de “um discurso de grande força e alguma mágoa” sobre alguns aspetos da sua vida e de Portugal e os portugueses. Uma homenagem a Natália Correia. As sessões têm início às 18h15m, 18h45m, 19h15m, 19h45m e 20h15m, na Sala 3.

C10H14N2 é uma micropeça escrita e encenada por Sandra José acerca de “esperas e de mudanças  que levam a novas etapas e novas viagens”. Rodrigo Saraiva interpreta “um homem, preso ao vício do amor e do tabaco, que sobrevive enquanto calcula o tempo, os minutos e os cigarros que já fumou”. As sessões têm início às 18h20m, 18h50m, 19h20m, 19h50m e 20h25m.

A programação para a infância começa a partir de três de maio, de sábado a domingo, entre as 15h e as 16h, com o Circo Malaquias, da Trupilariante Companhia de Teatro Circo.

No bar do Teatro Rápido, dia três de maio, Paula Sá, acompanhada ao pino por Artur Guimarães, dará um espetáculo intitulado Os Homens da Minha Vida, em que a cantora “convida o público a conhecer parte das suas vivências, através dos grandes intérpretes masculinos que marcaram a sua vida”.

Para mais informações contacte o Teatro Rápido por email ou através da página do Facebook.