A Queima das Fitas de Coimbra, uma das que mais nomes consegue no país, começou a mexer. Foi já anunciado o segundo nome que vai preencher o cartaz da cidade dos estudantes dar música. Os Buraka Som Sistema, que atuam a 15 de maio, mantêm em comum os ritmos africanos atuando dois dias depois do já confirmado Nelson Freitas.

O kuduro e o kizomba parecem ser a tendência para as festas académicas. A prova são as primeiras confirmações da Queima das Fitas de Coimbra. O primeiro nome anunciado foi o de Nelson Freitas, o autor do êxito Bo Tem Mel. Nelson promete por Coimbra a falar crioulo exemplarmente, bem como a dançar kizomba como um pro.

Ficámos agora a saber que os ritmos africanos se mantêm, no entanto com mais batidas por minutos nas suas músicas: os Buraka Som Sistema foram os escolhidos. A banda já é repetente na Queima, mas nem por isso a fórmula está gasta. A energia dos Buraka promete arrastar os estudantes até ao Queimódromo.

Nelson Freitas sobe a palco a 13 de maio e, dois dias depois, a 15 de maio, é a vez dos Buraka Som Sistema atuarem.

A Queima das Fitas de Coimbra realiza-se de 9 a 16 de maio. Os bilhetes estão à venda nos locais habituais.