O Fantasporto, um dos festivais de cinema mais conceituados do país, galardoou a Universidade Católica Portuguesa – Porto com dois dos seus principais prémios: o de melhor filme português, entregue a José Combustão Dos Porcos, do aluno José Magro, e a de melhor escola de cinema, para a sua Escola das Artes.O festival, que já vai na sua 34.ª edição anual, tinha instituído em 2012 a atribuição de prémios nestas categorias, face a uma crescente número de participações. A vitória da Escola das Artes nortenha vem confirmar «os resultados positivos que a estratégia de incentivo à produção de obras pelos alunos tem vindo a ter», explica a instituição em comunicado de imprensa.

A escola vencedora está ainda a promover a 11.ª edição do Festival Internacional Audiovisual Black White. Este é dedicado à estética a preto e branco, nas vertentes vídeo, áudio e fotografia, decorrendo de 21 a 24 de maio.