Todas as quartas-feiras de 9 de abril a 25 de junho a Culturgest, no Porto, abrirá as portas do seu Pequeno Auditório, tal como aconteceu nos anos de 2012 e 2013, o ciclo de conferências e debates Estética e Política entre as Artes. Tem em vista continuar o aceso debate sobre temas artísticos contemporâneos, debruçando-se sobretudo em pontos estéticos e políticos da relação entre as artes (da literatura à música, das artes visuais pelas artes performativas e  também pelo cinema).

No decorrer das seis sessões, em que cada uma delas contará com duas conferências seguidas de um pequeno debate, desde investigadores, artistas e críticos explorarão esse “fio condutor” que une os seus diversos trabalhos acerca do que move a arte no, e contra, o presente.

 

9 de abril

  • Considerações críticas sobre a noção de geo-estética, por José Bragança de Miranda
  • Pare, re-pare, repare melhor. O “reparar” enquanto tática e a “secalharidade” enquanto poética, por João Fiadeiro e Fernanda Eugénio

Moderador: João Pedro Cachopo

 

16 de abril

  • Artes e reparações do mundo, por Silvina Rodrigues Lopes
  • A política da forma e as suas condições, por António Guerreiro

Moderadora: Mariana Pinto dos Santos

 

14 de maio

  • Devagar, a poesia, por Rosa Maria Martelo
  • Estética e política: produção e reprodução históricas dos sentidos, por Manuel Gusmão

Moderadora: Emília Pinto de Almeida

 

28 de maio

  • Arte, dispositivos e operações, por Teresa Cruz
  • Será possível uma crítica de arte que não utilize categorias clínicas?, por Nuno Nabais

Moderador: Filipe Pinto

 

11 de junho

  • Música da língua, língua da música, por Mário Vieira de Carvalho
  • Políticas da interpretação no teatro de ópera, por Paulo Ferreira de Castro

Moderador: Manuel Deniz Silva

 

25 de junho

  • As políticas da arte e a questão dos museus, por Luiz Camillo Osorio

 

  • Quão subversivas serão as manchas de verdura?, por João Queiroz

Moderadora: Elisabete Marques

A entrada é gratuita porém o levantamento de senha de acesso tem de ser realizado 30 minutos antes do início da sessão, no limite dos lugares disponíveis. O máximo é de 2 senhas por pessoa.