No mundo das séries existem vários bons exemplos de pais. Temos o Phil Dunphy (Modern Family), que até sabe o que quer dizer LOL, ou o Rick Castle (Castle), que incentiva a filha a sair de casa. Mas nem todos têm a mesma sorte, e por isso destacamos-te sete péssimos exemplos de figuras paternais das séries.

1. Frank Gallagher (Shameless)

Frank Gallagher é um pai fora do comum…. Pai de seis filhos (Fiona, Lip, Ian, Debbie, Carl e Liam), Frank é um parasita que vive para o álcool, para as drogas e para esquemas mirabolantes para ganhar dinheiro fácil. Enquanto passa os seus dias no bar mais próximo, demasiado “ocupado” para trabalhar, os seus filhos aprendem sozinhos a tomar conta de si e especialmente a tentar evitar o pai, que só arranja problemas. No entanto, em circunstâncias muito drásticas, Frank consegue mostrar o seu lado mais paternal e comportar-se minimamente como um pai (especialmente se estiver em causa perder ou ganhar dinheiro com a situação).

2. Conrad Grayson (Revenge)

A vida deste senhor é uma contínua vingança, onde nunca se percebe muito bem de que lado está. Extremamente inteligente e ambicioso, Conrad é a personagem mais cínica de Revenge. A sua voz de sussuro, a calma mesmo em momentos de tensão e as palavras que usa (tal como exemplifica o vídeo abaixo) irritam qualquer um. Nos negócios é implacável; tudo bem, caso não aplicasse esse conceito na sua estratégia familiar. Por diversas vezes, Conrad deixou a família Grayson arrasada no que toca a sentimentos. A única preocupação são as finanças. Quanto às emoções, é um desastre. Já traiu Victoria, a esposa, por diversas vezes, mas consegue sempre obrigá-la a ficar junto a ele, pelo ‘bem comum’. Os filhos, Daniel e Charlotte, já se desiludiram com o pai, Conrad, diversas vezes, sendo muitas vezes eles próprios vítimas das estratégias do lorde Grayson. Um pai que conseguiu até ser Mayor de Nova Iorque, enquanto tinha uma mansão familiar a corroer.

3. Tywin Lannister (Game of Thrones)

Tywin Lannister é dos homens mais poderosos dos sete reinos, mas provavelmente nenhum de nós quereria ser o seu filho. Se nem Jaime ou Cersei têm muito que se queixar, é Tyrion que vive assombrado pela frieza e arrogância do Lorde de Casterly Rock. Tywin demonstra rancor para com o seu filho mais novo, um rancor tal que admite várias vezes o odiar e até ser o único erro da sua vida tão cheia de sucessos.

4. Don Draper (Mad Men)

Don é um pai do tudo ou do nada. Para este homem nao existe meio termo e umas das vítimas deste feitio são os seus três filhos. Sally, Bob e Gene estão habituados a não ver o pai durante dias e dias a fio. Esta distancia é acompanhada de uma frieza enorme, misturada com educação à moda antiga. Don não é o melhor exemplo de referência, são várias as vezes que apareceu bêbado à frente das crianças e várias as ocasiões em que desrespeitou a mãe deles. Além de tudo isto, Don não é exemplo de fidelidade e confiança, primeiro porque esconde a sua verdadeira identidade dos filhos e segundo porque são várias as vezes que trai a sua esposa, não tendo, portanto, qualquer sentido de fidelidade.

5. Anthony Cooper (Lost)

Se se organizasse um concurso para distinguir o pior pai de todos os tempos, a participação de Anthony Cooper seria obrigatória. Para quem não se recorda, trata-se do progenitor do inigualável John Locke, da série Lost. Mas que fez Mr. Cooper para merecer o prémio? Para começar, abandonou o próprio filho mal tomou conhecimento da sua existência. Como se isso não fosse suficiente, muitos anos mais tarde, forçou o encontro e a reconciliação entre ambos, mas apenas até convencer o filho a doar-lhe um rim, voltando a afastar-se logo de seguida. A cereja no topo do bolo surgiu anos mais tarde: apercebendo-se de que Anthony Cooper estava a orquestrar mais um esquema para extorquir dinheiro a uma família inocente, John decidiu ir confrontá-lo. Porém, tudo o que conseguiu foi fazer com que o seu pai o empurrasse através da janela do seu apartamento – no oitavo andar, refira-se –, deixando-o paraplégico.

 

6. Eli Pope (Scandal)

Olivia Pope é uma mulher poderosa, capaz de fazer frente a qualquer um. Mas se existe alguém capaz de a revirar do avesso e mexer com toda a sua estrutura, é o próprio pai. Ele é um homem implacável, ambicioso e ganancioso, com uma grande fome de poder e capaz de tudo para ver os seus objetivos concretizados. Em vez de contar a Olivia que a sua mãe estava viva, opta por a esconder numa prisão durante anos a fio. Após perder o controlo da sua agência secreta – B613 -, começa a planejar contra o amante de OliviaFitz Grant, e procura a todo o custo separar os dois.

7. Bart Bass (Gossip Girl)

Bart Bass é um homem poderoso e egoísta, que nunca acreditou no filho, Chuck Bass. Todos os dias, todas as semanas e todos os meses, a sua relação era sempre pautada por crítica e desilusão. Costuma-se dizer que a família é a primeira pessoa a apoiar, mas no caso de Chuck Bass era o inverso. Bart Bass foi igualmente capaz de simular a sua própria morte e não contar ao filho, fazendo-o pensar, durante meses, que o seu pai teria morrido.

Seleção feita por: Gonçalo Marques Barbosa, Joaquim Pedro Santos, Paulo Pereira, Ricardo Rodrigues, Sofia Pereira e Tiago Varzim.