“Temos de prepará-la para a Eurovisão e dentro daquilo que a RTP nos permitir vamos obviamente adaptá-la ao mercado internacional”, afirmou o autor e compositor de Quero Ser Tua, Emanuel, ao Espalha-Factos. Ao lado da intérprete vencedora que escolheu para o tema, Emanuel justificou esta escolha: “quem vai votar, quem vai dizer se a nossa canção pode subir ou não pode subir são os europeus”. 

“Como vocês sabem, os países da Europa de Leste fazem a versão em inglês. Portanto, no que for possível, mantendo obviamente parte da nossa língua materna, (…) vamos fazer uma adaptação agora para a Europa”, afirmou Emanuel adiantando que Quero Ser Tua terá uma versão bilingue.

Contente com o sucesso da canção no Festival da Canção e junto do público português, o cantor de O Ritmo do Amor anunciou que a música será lançada segunda-feira nas plataformas digitais: “a SONY já comprou os direitos desta canção independentemente de saber o resultado do Festival [da Canção] o que quer dizer que acredita muito na canção. Acreditámos que para além do Festival, vai ser um sucesso de verão.” 

“Deixei a minha vida toda em stand by no Dubai só para vir e participar no Festival da Canção”

“É um sonho de criança tornado realidade (…) Deixei a minha vida toda em stand by no Dubai só para vir e participar no Festival da Canção, foram estas as primeiras palavras de Suzy aos jornalistas na noite em que ficou definido que iria representar Portugal na Eurovisão 2014, em Copenhaga, na Dinarmarca, no início de maio deste ano.

A decisão de deixar tudo para trás para participar no certame foi quase de ultimato pessoal: “ou é agora ou é nunca. Já tenho 34 anos e já estava a pensar reformar-me, mas aqui o meu Emanuel apostou em mim, acreditou em mim, e convidou-me para ser a sua intérprete, e convenceu-me”.

Ambos concordaram que este foi um Festival difícil, “com grandes canções e com grandes intérpretes”, pelo que estão muito satisfeitos com a “magnífica vitória protagonizada” por Suzy, adjetiva Emanuel.