O primeiro museu de cinema indiano vai abrir, ao fim de sete anos de trabalho, na cidade mais populosa da Índia, Mumbai. Bollywood passa a ter o seu museu a par de outros géneros de filmes indianos, sob um investimento de 20 milhões de dólares.Depois de mais de um século de história, o cinema indiano vê a sua arte cinematográfica ganhar um museu que celebra os primeiros passos na tela a preto e branco até aos grandes blockbusters indianos.

Financiado pelo Estado em 20 milhões de dólares, o museu nacional de cinema indiano está acomodado numa elegante mansão no sul de Mumbai. Com 560 metros quadrados e dois andares, o museu não só ostenta gravações, como também objetos e ferramentas de produções antigas.

Apesar da grande presença de Bollywood, cinema em língua hindi, no museu indiano, fazem também parte do acervo do museu obras cinematográficas em diferentes idiomas e de outras partes da Índia. A indústria cinematográfica indiana afirma-se cada vez mais presente no mercado com uma produção de cerca de 1500 filmes e uma taxa de exportação mundial cada vez mais alta.

“Já era altura de a Índia ter o seu museu do cinema. Nós temos arquivos, mas não um museu. E nos dias de hoje um museu pode ganhar vida através da tecnologia e da interatividade”, afirmou o curador do museu, Amrit Gangar, durante a visita da agência France Presse.

Bollywood começa assim a explorar o seu potencial com itinerários que incluem as casas das estrelas de cinema e visitas aos estúdios de cinema da indústria hindi, em Mumbai.

O museu de cinema indiano estará pronto para abrir portas dentro de poucas semanas.