É em plena aula na universidade que um viciado em séries como eu percebe a falta que faz ter um momento sem um professor a mandar-nos para a rua, um momento só entre nós e as nossas histórias preferidas, as nossas personagens de eleição. E é a falar de séries preferidas que me alegro em anunciar o regresso de Suits após quase meio ano de ausência (ainda hoje não percebo o porquê de tanto tempo, não é como se a gravação dos episódios fossem idênticas a Game of Thrones ou à saga Harry Potter).

Mas críticas à parte, o Zapping Internacional desta semana leva-te ao passado profissional do elenco da série de advogados e ainda atualiza-te nas novidades de Brooklyn Nine-Nine, Grey’s Anatomy e do spin-off da série 24, 24: Live Another Day.

É TEMPO DE MAIS UM CAPÍTULO

Destaca-se como a melhor série de comédia entre as estreantes deste ano e, para comprovar isso mesmo, tornou-se vencedora de um globo de ouro na edição deste ano da premiação. Estou a falar de Brooklyn Nine-Nine, a história da única esquadra de polícias suficientemente louca para ter Andy Samberg como um dos seus membros.

tumblr_inline_n23ihwnSvd1r5xrxa

A boa receção por parte dos críticos e do público em geral fez com que o canal FOX, responsável por transmitir a série em solo americano, a renovasse para uma segunda temporada. De arrasto vêm também The Mindy ProjectNew Girl e The Following. Na minha opinião é ainda cedo para se estar a confirmar renovações (a época entre abril e maio costuma ser a mais usada para isso) mas vejo esta atitude precoce como um voto de confiança na qualidade que as séries listadas têm oferecido…e claro, o espaço deixado pelo cancelamento do The X Factor US tem de ser ocupado. Boa Simon Cowell, muito bem! 

“HEY EVERYBODY, I HAVE AN UPDATE ABOUT MY LIFE!”

Falando em boas comédias: 2 Broke Girls é sem dúvida uma das melhores que vi nos últimos anos. Pode não ter os diálogos mais geniais ou até mesmo as melhores prestações por parte do elenco, mas a verdade é que o facto das piadas serem diretas, curtas e atuais dão um ar jovem à série e faz com que qualquer pessoa – contando que ande minimamente informada relativamente ao que se passa no mundo do entretenimento – se relacione bem com ela e com as referências que faz a esse mesmo mundo.

LIZDICKshock

E se há alguém que entende bastante sobre entretenimento é Lindsay Lohan! Desde uma sequência de problemas pessoais que a levaram a entrar numa clínica de reabilitação, a atriz tem tentado voltar ao mundo da representação com trabalhos como a sua participação no quinto filme da saga Scary Movie ou o seu “famoso” desempenho de Elizabeth Taylor em Liz & Dick, mas estas escolhas não ajudaram em nada a sua reintegração em Hollywood. Mesmo com projetos desanimadores, Lohan vai continuar a tentar e o seu próximo passo é ser a nova cara convidada em 2 Broke Girls. Agora é só esperar por dia 14 de abril para vermos que piadas é que a Max vai inventar!

EVITAR UM ATAQUE TERRORISTA EM 12 EPISÓDIOS: CHECK

Já não é novidade que o spin-off da série de sucesso 24, 24: Live Another Day, está pronto a ser transmitido e que o próximo dia 5 de maio foi o escolhido para trazer Jack Bauer de volta à televisão. No meio de tanto spin-off e remake este parece ser o caso que mais se destaca pela positiva mas, caso não acredites no meu sentido crítico, confere aqui o primeiro vídeo promocional de Live Another Day e tira as tuas próprias conclusões:

http://www.youtube.com/watch?v=islN8Qus7hA

UM FANTASMA DO PASSADO

Grey’s Anatomy já tem tantas temporadas que alguns detalhes de histórias mais antigas já nos escapam mas, se tiver de apostar, digo com a máxima certeza que todos os que assistem à série sabem quem é o Dr. Preston Burke.  Antigo interesse amoroso de Christina Yang e interpretado por Isaiah Washington, Burke abandonou a série no final da terceira temporada, em 2007, após ter sido despedido por criar problemas nos bastidores ao fazer comentários homofóbicos sobre o seu antigo colega de elenco T.R. Knight.

giphy

A saída repentina do ator fez com que a sua personagem, na história de Grey’s Anatomy, tivesse que abandonar Christina no altar. O regresso do Dr. Burke deve-se à saída de Sandra Oh no final da atual temporada da série médica. Para Shonda Rhimes, criadora da série, Christina Yang, personagem de Sandra, tem de ter uma saída limpa e sem problemas por resolver, disse em declarações no site Série Maníacos: “É importante para mim que a jornada de Christina se desdobre exatamente como deveria. Burke é fundamental para essa jornada”. Ainda não há data para a participação de Isaiah, mas será interessante presenciar esta reunião entre duas personagens que provavelmente pensávamos que nunca mais se veriam.

ABRAÇAR O PASSADO

Suits é aquela série que, por ser tão consistente, não conseguiu chegar a um patamar parecido com o de séries do gabarito de The Walking Dead. Tem uma boa história, diálogos cinco estrelas e um excelente elenco para lhes dar vida. O que é ainda mais espantoso é que, pelo menos para mim, a grande maioria das caras principais eram totalmente desconhecidas. Porém, todos já andavam no mundo do entretenimento há algum tempo e é claro que já tiveram aquele papel ou trabalho que, olhando para trás, admitem ter mudado as suas carreiras.

GABRIEL MACHT: BEVERLY HILLS, 90210

Conhecido agora como o homem que dá vida a Harvey Specter, Gabriel revela algo que foi considerado pelo mesmo como uma vergonha por alguns anos: o seu famoso penteado aquando da participação que fez em Beverly Hills, 90210. Desempenhar por um episódio o papel do estudante Tal Weaver foi a sua primeira aparição creditada em televisão, transmitida a 10 de outubro de 1991. Sobre o assunto o ator resume rapidamente a história ao site Buzzfeed: “Eu usava sempre o meu cabelo em rabo de cavalo mas os produtores disseram-me para o soltar. 20 anos depois, ainda estamos a falar sobre isso”. Há que perceber a vontade de resumir a história o mais possível!

enhanced-510-1394137602-4

SARAH RAFFERTY: ANÚNCIO PARA A HERBAL ESSENCES

Para mim, a alma do elenco. Como a sexy e sarcástica Donna, Sarah faz um excelente trabalho…como mulher a ter um orgasmo capilar no meio de um mercado, o desempenho não é menos satisfatório. Parecendo que não, a atriz conseguiu este trabalho graças aos anos de treino que teve em teatro, mas ainda assim conta ao Buzzfeed que não se livrou de momentos embaraçosos: “sejamos sinceros, a única coisa mais ridícula do que fazer de mulher que tem um orgasmo por lavar o cabelo é estar no escritório de alguém a fazer a audição para ser essa mulher que tem um orgasmo ao lavar o cabelo”.

PATRICK J. ADAMS: FRIDAY NIGHT LIGHTS

Em Suits é o brilhante Mike Ross, mas pelo menos sabemos que, desta vez, teve o papel que queria. Já na sua participação em Friday Night Lights o resultado foi diferente. Tendo feito o casting para ser  Riggins, Adams acabou por receber a hipótese de interpretar o banqueiro Connos Hayes em alguns episódios da primeira temporada de FNL. “Esta série foi feita à volta das performances e dos atores, o que foi algo enorme para mim enquanto um jovem ator que ainda estava a tentar descobrir onde pertencia no mundo da televisão e que histórias gostaria de contar”, foi assim que Patrick descreveu ao Buzzfeed esta experiência que remonta ao ano de 2006.

enhanced-31623-1394140280-7

MEGHAN MARKLE: FRINGE

Pronto, esta aqui é a minha verdadeira falha: uma mulher destas numa série como Fringe e eu não consegui lembrar-me da cara dela. Enquanto me estou a sentir mal comigo próprio, Meghan também não deve ter ficado muito satisfeita quando soube que a sua personagem na série de ficção científica, a agente do FBI Amy Jessup, foi cortada da história após dois episódios quando o plano original era mantê-la por mais algum tempo. Mesmo no meio da insatisfação, a atriz conseguiu arranjar maneira de brincar com a situação quando falou com o Buzzfeed: “Amy manteve aquele ar de mistério e acho que os fãs de Fringe pensavam que ela voltaria a aparecer…como se Amy fosse a responsável por todos os mistérios do mundo da série“.

enhanced-3806-1394141362-27