O romance de Sérgio Luís CarvalhoA última noite em Lisboa é uma trama inquietante passada numa época em que  Lisboa era ainda mais fervorosa e, aliada ao facto de ser baseada em factos e personagens reais. Uma espécie de crónica de costumes, como se fossemos transportados diretamente para um dia rotineiro desse período da História.

A obra começa  já depois de metade da 2ª Guerra Mundial numa Lisboa bem diferente dos dias de hoje. Uma cidade completamente pobre, serena e tradicional, e em que apenas as manobras militares da Legião Portuguesa e os grupos crescentes de refugiados denunciam a existência de um conflito sangrento.

Henrique é um jornalista que trabalha na revista A Esfera, completamente subsidiada pelos serviços secretos nazis, quando conhece a nova vizinha Charlotte, uma refugiada austríaca, cuja liberdade e antinazismo lhe vão dar novos conhecimentos e sobretudo trazer novas perspetivas de vida. Cada vez mais, Henrique sente-se entre dois mundos antagónicos. De dia, trabalha entre convictos nazis; à noite, está com Charlotte e com Maria Carolina.

O que Henrique desconhecia é que os segredos e os mistérios da vida de Charlotte e que esses mesmo o obrigariam a fazer uma escolha que mudaria para sempre a sua vida.

A apresentação da obra terá lugar hoje às 18h30 na FNAC do Chado. O livro será apresentado por Alice Vieira e Miguel Real.