Câmara Municipal de Braga, até ao dia 30 de abril, vai estar a promover um concurso de ideias para a reabilitação do Mercado Municipal. A iniciativa conta com um prémio de 2500€ para as ideias que demonstrem o potencial necessário à integração no programa funcional destinado ao mercado.

Este projeto visa alcançar um modo de reajustar a atividade comercial da área às novas dinâmicas da procura e novas formas de comércio – de que são exemplo os produtos biológicos, certificados ou classificados como Gourmet – assim como tornar o mercado atrativo do ponto de vista cultural e turístico a novos públicos, ao mesmo tempo que se preserva a vocação tradicional deste.

Poderão participar pessoas singulares individualmente ou em grupo, assim como pessoas coletivas, desde que depois assumam a responsabilidade de concretizar a ideia. Para além da proposta de ideia, os concorrentes deverão apresentar documento de identificação, morada e contactos e ainda dois painéis rígidos – material leve de 700x1000m ao alto com espessura até 5mm destinados a integrar a exposição alusiva ao concerto.

A proposta deverá refletir uma análise “dos problemas e das necessidades de funcionamento do MM, decorrentes de limitações e condicionantes físicas resultantes da própria infraestrutura, mas também dos hábitos, circunstancialismos e limitações inerentes à própria atividade comercial e ao uso do espaço em geral”, de acordo com o objetivo geral do artigo 2º do regulamento para o concurso.

O júri do concurso será constituído, entre outros por Ricardo Rio, Presidente da Câmara Municipal de Braga, Jorge Pires, Presidente da Junta de Freguesia de S. Vicente, um representante da Associação Comercial de Braga e outro representante da Divisão de Renovação Urbana da Câmara Municipal de Braga. A eficácia de resposta aos objetivos estipulados e a criatividade e originalidade das propostas serão alguns dos critérios usados.

Este método de incentivo ao empreendedorismo no auxílio à reabilitação deste espaço bracarense inspira-se no sucesso do concurso operacionalizado nos mesmos moldes para a fábrica Confiança, que contou com 80 participações.

As propostas em formato digital deverão ser endereçadas para [email protected] enquanto que as participações em papel poderão ser entregues no edifício municipal GNRation, na Praça do Conde de Agrolongo.

Tendo começado no passado dia 17, o concurso estender-se-á assim até às 17:00h de dia 30 de abril. Para mais informações, podes consultar aqui o regulamento na íntegra.