Em maio do ano passado a gigante da pesquisa, Google,  começou a dar a alguns utilizadores a possibilidade de testarem uma nova interface, repleta de opções de visualização, com maior facilidade de pesquisar informações relativas a negócios, locais históricos ou mesmo parques nacionais. Contudo, e como ninguém é imune a erros, a primeira fornada de alterações teve algumas críticas.

A empresa sediada em Mountain View, Califórnia, não se deixou ir abaixo, e pediu aos utilizadores que tiveram acesso a esta fase de testes que dessem todas as sugestões e ideias que gostavam de ver incorporadas naquele que é o serviço de geolocalização mais usado pelo mundo fora. O próprio Brian McClendon, vice-presidente do Google Maps, teve isso em consideração no post que escreveu no blogue oficial, onde anunciou a abertura a todos os utilizadores do novo interface da plataforma:

maps

“Como em qualquer renovação de produto, podem existir erros no caminho. Esperamos que estejam tão animados quanto nós para navegar neste território em busca do mapa perfeito. Como sempre, queremos ouvir o vosso feedback para melhorar o novo Maps

Fonte: Google Lat Long

Entre as críticas houve algumas que se destacaram, sendo a redução significativa da velocidade de navegação uma das principais, logo seguida do aumento da dificuldade de navegação Street View, por ter sido retirada o pequeno ajudante/marcador, Pegman.

Mas agora que se abrem as portas a todos os utilizadores com uma estrutura renovada e mais imersiva, aqui estão as novidades que vais querer saber:

1 – Interface melhorado

Agora todas as ferramentas mais utilizadas no Maps estão sob a mesma ordem de importância, quer isto dizer que ao entrares na página encontrarás todas as principais ferramentas à distância de um clique. No canto inferior direito, podes encontrar o Pegman, também com um visual renovado, e é com ele que acedes à opção Street View, bastando para isso arrastares para cima do mapa para que todas as ruas com esta opção fiquem sublinhadas a azul. No mesmo local, tens ainda uma nova opção, o acesso a uma galeria em miniatura de fotografias dos locais próximos do que estás a pesquisar: aqui se incluem as photospheres criadas pelos utilizadores e ainda, nos casos existentes, visitas virtuais a edifícios. Para finalizar, agora se quiseres aceder à visualização do Google Earth, com as imagens de satélite, podes simplesmente clicar no ícone presente no canto inferior esquerdo. A maioria destes serviços não são novos, mas o acesso aos mesmos, assim como a sua interconexão, foi melhorado.

2 – Sítios favoritos, eventos e horários

Se conheces um bar muito porreiro que todas as semanas tem concertos/espectáculos, basta pesquisar e usar a nova ferramenta de adicionar aos favoritos, que irá aparecer na mesma caixa onde aparecem as informações, para criares uma lista de locais “porreiros” para visitar. O Maps ajuda ainda a teres um conjunto de informações – atualizadas – relativas aos próximos eventos, com links para as páginas oficiais, e aos horários de funcionamento.

3 – Transportes públicos, bicicletas e circuitos pedonais

Se usas os transportes públicos e queres saber como chegar de um ponto a outro, da forma mais rápida, barata e com menos transbordos, então esta nova função vai fazer maravilhas por ti. Agora sempre que fizeres uma pesquisa de direcções para determinado local, o google oferece a possibilidade de escolheres se queres ver a informação relativa a automóveis, transportes públicos, bicicleta ou a trânsito pedonal.

Se escolheres a opção transportes públicos o interface apresenta uma série de cartões em cascata em que se apresentam quais as melhores opções no período em que estás a pesquisar. Se quiseres planear uma viagem para outro dia, podes sempre mudar a data e hora em que o queres fazer.

Para alguns países, com sistemas mais integrados consegues ver uma maior rede de transportes públicos, sendo ainda possível saber uma estimativa do preço do bilhete.

4 – Destinos múltiplos

Se estás a fazer os planos para visitar uma cidade e queres saber quais as distâncias de um ponto a vários monumentos, por exemplo, agora é mais fácil fazer isso. Quando estiveres a pesquisar por direções podes adicionar mais que uma localização de destino. Particularmente útil quando queres aproveitar o pouco tempo que tens num local e não queres andar às voltas.

5 – Trânsito em tempo real

Se te deslocas de carro e gostas de saber que estradas evitar (duh, claro!) agora sempre que estiveres a pesquisar por uma rota e carregares em trânsito vais poder saber, através de um fácil sistema de cores, a situação do trânsito naquele percurso. Aproveita e vê o vídeo que a Google lançou sobre o novo interface.

http://youtu.be/N6DrfYHVcXs

Se quiseres diverte-te também com este jogo onde assumes o ponto de vista do Pegman ou ainda aproveita e deixa o teu comentário acerca da tua experiência com o Google Maps, e com a Google em geral.