Na estreia de Jeremy Scott na Semana de Moda de Milão, como diretor criativo da Moschino, Rita Ora e Katy Perry foram as convidadas especiais. Após um atraso de 45 minutos, Perry acabou por ser vaiada quando subiu à passarela.

Rita Ora e Katy Perry voaram desde Londres até Milão para assistir ao desfile da Moschino, onde ficariam acomodadas na primeira fila. Rita Ora escolheu um mini-vestido de malha com tags dourados e uma carteira da coleção pre-fall da marca, que parodia a icónia 2.55 da Chanel. Por seu turno, Katy Perry preferiu um casaco preto comprido, debruado com correntes douradas e combinou-o com um vestido acetinado da mesma cor. O percurso até ao lugar foi feito através da passarela mas, para surpresa das duas celebridades, a audiência recebeu ambas com apupos, depois 45 minutos de espera.

Um vídeo na conta de Instagram do website de moda Anazahra.com mostra Perry a ser vaiada pela plateia e mostrando-se visivelmente incomodada com o sucedido, tentando apressar os fotógrafos e os assistentes de sala que lhe indicavam onde deveria posicionar-se para ser fotografada.

Após este episódio, o desfile decorreu sem delongas. Esta foi a coleção de estreia de Jeremy Scott na Semana de Moda de Milão, à frente da Moschino depois de assumir a direção criativa da marca no início deste ano. À abordagem irónica e bem-humorada tradicional nesta casa italiana, Scott acrescentou a sua visão acutilante, exagerando nas correntes douradas, nos tailleurs em cabedal, em muitas referências à banda desenhada e outros elementos da cultural popular e na hipersexualização do estilo. Desta feita, o kitsch da Moschino ganha um sentido renovado.

rs_560x415-140220193747-1024.Katy-Perry-Rita-Ora.ms.022014_copy

Rita Ora e Katy Perry, antes do começo do desfile.