Esta iniciativa da Câmara Municipal de Coimbra em conjunto com a Mercearia de Arte, a exposição 72×3 Beats de Tamara Alves, José Carvalho e Hugo Makarov, foi inaugurada a 14 de fevereiro, pelas 21h30m. O foco da exposição está debruçado nos trabalhos de três novos artistas que integram uma nova geração de criadores de arte urbana.

Segundo o comunicado de imprensa, esta exposição, dos três jovens artistas integrantes da nova geração de criadores de arte urbana, não é para pessoas, com uma vida calma e de quietude, cujo coração bate 72 vezes por minuto, pois “juntar no mesmo espaço o trabalho de Hugo Makarov, José Carvalho e Tamara Alves é tudo menos acalmia e serenidade”, mas é para quem aguente 72×3 Beats.

“É uma sucessão de arritmias, aumentos de pulsação e pequenas paragens cardíacas, uma corrente de constante descoberta da impossibilidade de ficar indiferente perante tanto traço, tanta cor, mas também ausência de cor; perante tanta estranha mas sempre delicada personagem, nesta incómoda e eterna (mas sempre deliciosa) dualidade entre o frágil e o feroz”.

Cada um destes artistas apresenta um trabalho distinto, que não deixará o público indiferente. Com Tamara Alves presenciamos uma junção entre o humano frágil e o animal feroz, utilizando técnicas urbanas, como o tag, o stencil e a “mancha aparentemente desordenada, que convive harmoniosamente com um traço de desenho preciso e detalhado, tudo isto num todo de quase ausência de cor”.

Hugo Makarov é um “desenhador visceral”, que enche de desenhos tudo o que estiver à mão numa espécie de “catarse, necessária diariamente”. Sereias e demónios são os temas que fazem parte do seu universo compulsivo, “onde camadas de tinta se sobrepõem, onde espessas pinceladas de cor ardente, convivem  com traços delineados de uma só vez”. Para terminar, José Carvalho assume-se como o expoente da vivacidade deste trio, delineando “melancólicas personagens”, expressas em grandes e expressivas pinceladas, que procuram, tal como o autor, “preencher o vazio, o branco, o dia-a-dia, de cor”.

72×3 Beats permanecerá na Casa Municipal da Cultura de Coimbra até 13 de março, pronta para fazer acelerar o coração dos que ousarem visitá-la.