O Largo do Carmo em Lisboa, no dia 14 de fevereiro, irá ser palco de uma manifestação pouco comum. O V-Day surgiu em 2013 com Eve Ensler, tendo como objectivo consciencializar a população acerca da violência contra as mulheres.

Uma em cada três mulheres no mundo sofre de violência, quer seja em forma de violações, espancamentos, incestos, mutilações genitais e escravidão sexual. Desta forma, no ano passado, um número superior a mil milhões de mulheres e homens provenientes de cerca de 205 países uniram-se no “V-Day”, um evento marcado pela música e pela dança que pretende sobretudo alertar para a injustiça social que o mundo contemporâneo vive.

A segunda edição chega então a Portugal com o nome de Lisbon V-Day, na tentativa de atingir – e quem sabe multiplicar – o sucesso da edição anterior. A cerimónia terá início pelas 18h30 e estender-se-á noite adentro.

Entre os artistas convidados, encontramos Marta Plantier, Miguel da Bernarda (vocalista das bandas Brass Wires Orchestra e Let’s Folk), Irma Dalí e Undergroove: Duo Lucky & EdJam, com a participação especial dos Natural Skills Crew.

Lisbon V-Day tem a organização e o apoio da Câmara Municipal de Lisboa, de entidades como Ana Gomes (eurodeputada) e Ana Drago (dirigente do Bloco de Esquerda) e de instituições como APAV e a Amnistia Internacional, entre muitas outras.

Para mais informações, podes consultar a sua página do Facebook aqui ou o site oficial aqui.