O lançamento de Veneza pode Esperar, 1º volume do diário pessoal de Rita Ferro, tem data marcada para amanhã, dia 12 de fevereiro, às 19h, no Restaurante, Piso 7, do El Corte Inglés, de Lisboa.

Segundo a sinopse do livro publicado pela Dom Quixote, “São raríssimas as autoras portuguesas que abrem as portas da sua intimidade aos leitores”, mas Rita Ferro corre o risco ao desvendar alguns meses da sua vida, recheados de “perdas nucleares”. Veneza pode Esperar é o balanço autobiográfico de uma pós-feminista pragmática, mas aberta ao mistério, às voltas com o mal-estar contemporâneo”. A escritora é uma das personagens do livro e, ao longo de 240 páginas, escreve o primeiro volume “de um diário intímo, coleccionável como um folhetim, sem happy end nem beijos ao pôr do sol”.

A apresentação da obra ficará a cargo de Ana Mesquita, Herman José e Marcello Duarte Mathias.