Segundo o The Telegraph, a morte inesperada de Philip Seymour Hoffman não terá qualquer impacto no guião original do filme The Hunger Games. A personagem do ator não irá ser cortada nem substituída, visto que a maioria das suas cenas já tinham sido filmadas.

Philip Seymour Hoffman apareceu pela primeira vez no segundo filme da trilogia de The Hunger Games, em Catching Fire, onde deu vida a Plutarch Heavensbee, o aparente gamemaker, aliado ao Capitólio, que acaba por se revelar como o comandante das forças rebeldes do distrito 13. Antes da sua morte, o ator encontrava-se em filmagens para os dois últimos filmes da saga, onde a sua personagem teria um papel mais central.

De acordo com o The Hollywood Reporter, a Lionsgate confirmou que a morte de Seymour Hoffmannão terá qualquer impacto” na saga. O ator já tinha filmado todas as suas cenas em Mockingjay Part 1, mas ainda lhe faltavam sete dias de filmagens na segunda parte e “uma grande cena emocional” para filmar.

No entanto, a Lionsgate confirmou que não irá ser necessário a sua substituição ou o desaparecimento da sua personagem, sendo que as datas de estreia agendadas para 21 de novembro de 2014 e 20 de novembro de 2015 não irão ser alteradas. “Iremos ter que fazer alguns ajustes mas o filme estará coeso”, acrescentou a produtora de cinema. “A sua atuação em ambos os filmes estará ao seu melhor nível. Sentimos que será um bom tributo à sua pessoa.

Falando sobre como podem ser resolvidos certos problemas, a Lionsgate acrescentou que a ausência do ator pode ser recriada através de truques digitais: “podem-se fazer várias coisas digitalmente, podem haver conversas onde a câmara não está focada nele, mas na pessoa com quem ele está a falar.

Phillip Seymour Hoffman morreu no passado dia 2 de fevereiro devido a um excesso de heroína, tendo sido encontrados cerca de cinquenta sacos e vinte seringas perto do seu corpo.