Ode Marítima, de Álvaro de Campos, estará em cena de 6 a 16 de março, na Sala Principal do São Luiz Teatro Municipal, com uma sessão de Língua Gestual Portuguesa a 9 de março, e no Teatro Nacional São João de 3 a 13 de abril.

Com direção cénica de Natália Luiza e a música a cargo de João Gil, Diogo Infante é o “homem [que] observa o porto” e que “assume o comando de um paquete que não chegou a entrar no cais”, segundo a sinopse. Um espetáculo sobre uma viagem interior ao cerne dos comportamentos humanos, numa busca por “sentir tudo de todas as maneiras”, através do “imaginário marítimo português”.

Ode Marítima é uma co-produção do Teatro Nacional São João, no Porto, e o São Luiz Teatro Municipal, em Lisboa, com o apoio do Montepio.

O espetáculo estará em palco, no São Luiz Teatro Municipal, de quarta a sábado, às 21h, e aos domingos, às 17h30m. O preço do bilhete é de de 12€ a 15€ (com descontos: 5€ a 10,50€).

Para mais informações contacte o site oficial do São Luiz Teatro Municipal.