A edição de ontem do programa Prós e Contras atingiu a melhor audiência do formato desde outubro de 2010. Dedicado à praxe académica, o informativo da estação pública chegou a 495.000 telespectadores, 17,5% dos portugueses com o televisor ligado àquela hora. 

Este resultado é o melhor do ano para o “maior debate da televisão portuguesa”, que tem estado a ter repercussões nas redes sociais desde a madrugada de ontem, tendo sido um dos trending topics do dia no Twitter. Durante a emissão, a RTP chegou mesmo a ultrapassar a TVI, principalmente nos últimos momentos do programa, quando alcançou quota superior a 20% de share.

A emissão foi em direto do Teatro Académico Gil Vicente, em Coimbra e contou com a presença, no painel, de Ricardo Morgado, presidente da Associação Académica de Coimbra (AAC), Fernanda Câncio, jornalista do Diário de Notícias, José Caldas de Almeida, professor da Faculdade de Ciências Médicas da NOVA e Eduardo Vera-Cruz Pinto, professor da Universidade de Lisboa.

Os dados são da CAEM/GFK.