1063515_Lisbon_Portugal

Lisboa é provavelmente a cidade mais “cool” da Europa, diz a CNN

“Sete razões por que Lisboa pode ser a cidade mais ‘cool’ da Europa” é o título do artigo de Fional Dunlop para a CNN. Neste artigo é justificado o motivo pelo qual Lisboa é, muito provavelmente, a cidade mais fixe da Europa.

Fiona Dunlop escreve sobre viagens, arte e gastronomia desde os anos de 1980, “criando uma paixão pela cultura mundial”, segundo o seu site pessoal. Já publicou vários guias turísticos, incluindo um sobre Portugal. Desta vez, escreveu um artigo sobre a capital portuguesa, onde a elogia pelas suas características que a tornam na cidade mais “cool” da Europa e num destino turístico por excelência.

“Se acha que em Madrid sai até tarde, experimente sair em Lisboa” – esta é desde logo a primeira razão que Dunlop apresenta. Segundo a jornalista a vida noturna de Lisboa ‘bate’ a de Madrid e destaca, assim, o Bairro Alto, “onde mais de 250 bares apelativos se estendem por uma teia de ruas cobertas de graffiti”. Salienta ainda a vida no Cais do Sodré, a discoteca Lux e a Pensão Amor.

A segunda razão é a cozinha experimental. Fiona elogia a variedade de restaurantes que a capital oferece, que, caracterizados pela sua “modernidade”, “sofisticação” e “preço acessível”, vão muito para além do tradicional bacalhau. Como exemplo, a jornalista destaca o Belcanto e o Cantinho de José Avillez, dois dos restaurantes do chef luso. Da mesma forma, as bifanas e os pastéis de nata não passaram despercebidos.

O terceiro motivo é a ironia. Dunlop escreve que “seria de pensar que os lisboetas se gabassem das suas conquistas – primeiro império global, melhor pastel de nata…” mas os lisboetas preferem recorrer à ironia quando falam de si próprios. A ironia é vista como uma forma de ajudar a superar “os tempos difíceis” que aqui se vão passando.

A quarta razão passa pelas praias e os castelos. Realçados são os golfinhos e os barcos que atravessam o rio Tejo, as praias do Estoril, o marisco de Cascais e uma visita a Sintra. O quinto motivo é o design “fabuloso”. Da roupa, à decoração e à arquitetura, Fiona Dunlop diz que Lisboa é “uma cidade que gosta de se ver bonita”, sublinhando as obras de Álvaro Siza Vieira e o MUDE, Museu da Moda e do Design.

A sexta razão é a arte, onde se destaca a Fundação Gulbenkian, o Museu Berardo, o Museu de Arte Antiga e o Museu do Oriente, onde boas exposições estão à disposição dos lisboetas.

Por fim, Fiona aponta as “ruas fascinantes” como o sétimo motivo, sendo que “ninguém se aborrece ao passear por Lisboa”. Há muito para apreciar, incluindo o padrão da calçada portuguesa e a atenção que as paredes merecem graças à “obsessão” com os azulejos.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.