RTP ENSINA

Nuno Crato: RTP Ensina é “um momento importante na vida da educação em Portugal”

O ministro da Educação e Ciência afirmou que o novo portal em parceria com a RTP é “um momento importante na vida da educação em Portugal (…) uma vez que o progresso educativo passa pelas novas tecnologias e pelo audiovisual”. Hoje de manhã, Nuno Crato assinou o protocolo entre o Ministério da Educação e Ciência (MEC) e a estação pública ao lado do presidente da RTP, Alberto da Ponte, no Pavilhão do Conhecimento. Os alunos do 1º ao 12º ano, os pais e os professores são o público-alvo do RTP Ensina.

O ministro Nuno Crato partilhou a sua experiência pessoal para afirmar que a televisão pode fazer a diferença na educação: quando era jovem, Crato – que já gostava de ciência – ficou ainda mais cativado pela disciplina quando conheceu o apresentador de um programa de televisão sobre física. O ministro afirmou que “a educação passa sempre pelo contato direto na sala de aula, com o professor”, mas que há uma mudança no mundo inteiro que visa incorporar mais experiências audiovisuais na aprendizagem.

rtp ensinaOpinião partilhada por Alberto da Ponte: “este é um dia importante para o serviço público de media da RTP (…) [que] não se esgota na produção de rádio e televisão”. O presidente do Conselho de Administração da RTP afirmou que este espólio de conhecimento, disponibilizado no portal, “pode dar um contributo socialmente relevante e de reconhecida utilidade para as escolas e para os alunos”. Para o atual presidente da estação “este material não deve estar fechado num arquivo”, mas sim acessível a todos. Referiu ainda que a BBC e a France TV têm projetos idênticos e que fazia todo o sentido o Serviço Público de Televisão e Rádio apostar neste portal.

Para além de documentários, entrevistas, séries como Cuidado Com A Língua de Diogo Infante ou programas sobre cidadania e arte, o Ensina disponibiliza reportagens que só a RTP tem, caso da erupção do vulcão dos Capelinhos, peças sobre projetos de escolas e trabalhos desenvolvidos pela Academia RTP, como o programa educativo SexTeen.

Ao todo estão disponibilizados 800 conteúdos formativos e de caráter pedagógico. O Ensina vai ter aúdio, vídeo, texto, fotos e infografias em dez temas e cinco dossiers. Para além disso, vão ser colocadas notícias que interessem aos alunos, pais e professores no separador Atualidade. Já o separador Infantil destina-se ao entretenimento através de vídeos do programa Zig Zag da RTP2.

O MEC está responsável por divulgar nas escolas de todo o país os projetos educativos da RTP. As iniciativas do Ministério para o desenvolvimento de televisões e rádios escolares vão ser apoiadas pela RTP com ações de formação e visitas às instalações da estação. O Ensina será alimentado por conteúdos da estação, mas também por parcerias com a comunidade educativa, segundo revelou a RTP em comunicado.

Podes aceder ao site aqui. O acesso vai ser também possível através de tablets ou smartphones. A criação da identidade da marca, design e implementação do portal é da responsabilidade da agência digital Fullsix.

Mais Artigos
Big Brother - Duplo Impacto
Big Brother. Apresentadores reagem às alterações do programa