Multiplex, uma coprodução do Centro Cultural de Belém, Centro Cultural Vila Flor e O Espaço do Tempo e  a mais recente criação do coreógrafo Rui Horta estreou em novembro de 2013 e chegou ao Cine-Teatro de Estarreja a 11 de Janeiro, num espetáculo multimédia, a partir das 21h30.

Rui Horta é apontado como um dos mais importantes impulsionadores de uma nova geração de bailarinos e coreógrafos portugueses. Já ganhou inúmeros prémios, mais recentemente recebeu o grau de Chevalier de l’Ordre des Arts et des Lettres pelo Ministério da Cultura Francês.

Dando preponderância à palavra e misturando teatro e dança, dispõe em palco um homem e uma mulher, que levarão o público numa viagem reflexiva sobre a complexidade do ser humano, em todas as suas nuances. O coreógrafo e encenador declara que Multiplex desenrola-se nesta complexa teia entre o preto e o branco, nesta inevitabilidade do negativo que espreita os momentos mais brilhantes das nossas existências: a necessidade de estarmos onde estamos.” Multiplex nasceu da obra Memórias de Adriano de Marguerite Yourcenar

O ator Pedro Gil e a bailarina italiana Silvia Bertoncelli transportarão para o palco temas como o amor, a violência, a inveja, o legado, a construção e a morte, com a ajuda de um elegante trabalho de luz, que pretende acentuar a experiência sensorial do espetador, e de Guilherme Martins e Tiago Cerqueira, responsáveis pelo vídeo e música original.

Os bilhetes para Multiplex podem ser adquiridos na bilheteira do Cineteatro de Estarreja, no website da bilheteira online e também nas lojas Fnac, CTT e El Corte Inglés. O preço é de 6 euros (4 euros com Cartão Amigo, Jovem Municipal e Sénior Municipal) e a lotação máxima é de 120 espetadores.