O empreendedor australiano Steve Sammartino juntou-se ao jovem romeno Raul Oaida , aficionado da engenharia, para construir um carro ao estilo dos brinquedos Lego em tamanho real. A máquina atinge 30km/h e o vídeo que testemunha a velocidade já tem mais de três milhões de visualizações no Youtube.

A máquina foi constituída por milhares de peças Lego sendo movida a ar comprimido. Segundo revelado por Sammartino em entrevista ao canal australiano, ABC News 24, a parte técnica deste invulgar automóvel resultou, na sua totalidade, do engenho do jovem romeno.

Os assentos e o volante, inclusive, foram criados utilizando peças Lego de cor preta e amarela. No meio de meio milhão de blocos Lego só as quatro rodas e respetivos eixos é que não são constituídas pelo famoso brinquedo.

Com apenas 20 anos de idade, Raul Oaida aprendeu tudo o que sabe de engenharia por iniciativa e esforço próprio. Na perspetiva do seu parceiro de projeto australiano, Oaida é um génio: “Fez o design, construiu o motor e também a parte exterior do carro… ele é capaz de qualquer coisa”, constatou o mesmo.

Esta iniciativa foi financiada através de crowdfunding sendo que o empreendedor obteve 14 mil euros ao pedir suporte financeiro na sua página do Twitter. Foram 40 as pessoas que em pouco tempo atenderam ao pedido.

No site oficial do projeto, Super Awesome Micro Project, é possível saber, entre outras coisas, que o carro se carateriza por um funcionamento ecológico, uma vez que o seu propulsor assenta num motor pneumático de 256 pistons, funcionando a ar comprimido.

Os testes de rodagem foram realizados em Melbourne, na Austrália, onde o carro só não ultrapassou os 30km/h devido ao receio dos protagonistas de que o automóvel Lego pudesse acabar por ver as suas peças separadas.

Este é mais um projeto impulsionado pelo crowdfunding, o que Sammartino disse considerar, em declarações à ABC News, um meio de financiamento coletivo cada vez mais importante que deve ser tido em conta qualquer iniciativa em busca de investimento.