H&M

H&M sobe os preços praticados

H&M, conhecida pela sua dedicação à sustentabilidade, pode vir a sofrer um aumento no preço dos seus produtos.
A cadeia de lojas de retalho conta com uma colecção amiga do ambiente, Conscious, um programa de reciclagem, a utilização de algodão orgânico e, mais recentemente, uma maior transparência na vertente de manufacturação. A aposta nestes elementos poderá traduzir-se na subida dos preços da marca.
H&M está em processo de melhoria das condições de trabalho dos operários das fábricas com quem tem parcerias. Segundo Helena Helmersson para a AFP, chefe do departamento de sustentabilidade da marca, o plano construído para providenciar a estes trabalhadores um salário mínimo pode vir a ser financiado por uma subida dos preços da H&M.
No entanto, um representante da H&M, em comunicado oficial, afirma que esta decisão não se trata apenas de uma mera “subida de preços”. Antes de mais, a medida deverá ser entendida como um investimento a longo prazo.
Pode ler-se no comunicado que os representantes da marca não acham “que esta estratégia vá resultar apenas num aumento dos preços para os nossos clientes. É um investimento na nossa oferta comercial e vai trazer vantagens a longo termo. É importante lembrar que os salários são apenas um de vários factores que influenciam os preços dos produtos nas nossas lojas. Também acreditamos que isto irá conduzir a mercados de produção mais estáveis, com mais eficiência e produtividade. Será lucrativo para nós e para os clientes, a longo prazo”.
Pode ler mais informações sobre esta notícia aqui.
Mais Artigos
Succession
‘Succession’, a família em primeiro lugar