És daqueles verdadeiros apreciadores de cocktails? E quanto mais exóticos melhor? Este artigo é para ti!

Desde a vodka da Rússia até à tão famosa sangria espanhola (tantas vezes confundida como portuguesa), passando pelo gin (tónico ou não) tão tipicamente inglês, dando um pé de samba na caipirinha brasileira ou então uma ataraxia alucinogénica verde do absinto francês. Esta é a viagem que te propomos pelo embriagante mundo das bebidas, principalmente na descoberta pelas mais recônditas como o jenever norueguês ou então o vitalo, vindo diretamente da República do Congo.

Claro que há bebidas imortais que nunca poderiam ficar de fora: a não-alcoólica e capitalista Coca-Cola mas, sobretudo, a tão nossa ginginha. Vai um brinde? Cheers!